Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

O galo cantou e Pedro chorou!

Uma das horas mais escuras experimentadas pelo Apóstolo Pedro deduzo ter sido aquela na qual ele negou a Cristo: "Mateus 26:69 Ora, Pedro estava assentado fora, no pátio; e, aproximando-se dele uma criada, disse: Tu também estavas com Jesus, o galileu. 70 Mas ele negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. 71 E, saindo para o vestíbulo, outra criada o viu, e disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o Nazareno. 72 E ele negou outra vez com juramento: Não conheço tal homem. 73 E, daí a pouco, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Verdadeiramente também tu és deles, pois a tua fala te denuncia. 74 Então começou ele a praguejar e a jurar, dizendo: Não conheço esse homem. E imediatamente o galo cantou".

A pergunta que fica no ar, na cabeça de muitos, é se Pedro era realmente regenerado/nascido de novo ao ter negado a Cristo por três vezes naquela terrível noite de agonia do Nosso Senhor JESUS.

Eu tenho convicção que sim, de que Pedro era um cristão legítimo, selado pelo Espírito, dado ao fato de que ele foi tomado por uma profunda convicção de pecado, como diz A Palavra: "Mateus 26:75 E lembrou-se Pedro das palavras de Jesus, que lhe dissera: Antes que o galo cante, três vezes me negarás. E, saindo dali, chorou amargamente".

Aquele terrível tombo espiritual de Pedro tivera sido profetizado detalhadamente horas antes pelo Senhor JESUS: "Lucas 22:31 "... Simão, Simão, eis que Satanás vos pediu para vos cirandar como trigo; 32 Mas eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos. 33 E ele lhe disse: Senhor, estou pronto a ir contigo até à prisão e à morte. 34 Mas ele disse: Digo-te, Pedro, que não cantará hoje o galo antes que três vezes negues que me conheces".

O fato de que JESUS dissera "...
eu roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça" (Lucas 22:32 a), já evidencia que Pedro era convertido/selado/regenerado, pois o referido Discípulo tinha "fé" no Senhor, o que é um Dom de Deus. E quando JESUS falou também "... e tu, quando te converteres, confirma teus irmãos" (Lucas 22:32 b), era o prenúncio de que o Discípulo se arrependeria daquele futuro pecado e que fortaleceria os irmãos com um testemunho de fé vigoroso (afinal de contas, conversão a Cristo e à Sua vontade é um ato constante em nossa vida, pois sempre temos do que nos arrepender no dia-a-dia, pela necessidade de mortificarmos a nossa velha natureza).

Há uma outra passagem bíblica, citada em outro Livro das Escrituras, na qual fica evidenciada a obra de regeneração operada pelo Espírito Santo na vida de Pedro (um bom tempo antes do Discípulo ter negado O Salvador): "Mateus 16:13 E, chegando Jesus às partes de Cesareia de Filipe, interrogou os seus discípulos, dizendo: Quem dizem os homens ser o Filho do homem? 16 E Simão Pedro, respondendo, disse: Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo. 17 E Jesus, respondendo, disse-lhe: Bem-aventurado és tu, Simão Barjonas, porque to não revelou a carne e o sangue, mas meu Pai, que está nos céus".

Tenho a impressão que o pecado praticado por Pedro trouxe-lhe profundas e indescritíveis dores emocionais, e até posso supor que o Apóstolo possa ter duvidado ocasionalmente da sua salvação e eleição, mas O Fiel Pastor, em Sua onisciência e misericórdia, enviou pelo anjo Palavras de conforto e acolhimento a Pedro depois do Senhor ter ressuscitado dentre os mortos: "Marcos 16:1 E, PASSADO o sábado, Maria Madalena, e Maria, mãe de Tiago, e Salomé, compraram aromas para irem ungi-lo. 5 E, entrando no sepulcro, viram um jovem assentado à direita, vestido de uma roupa comprida, branca; e ficaram espantadas. 6 Ele, porém, disse-lhes: Não vos assusteis; buscais a Jesus Nazareno, que foi crucificado; já ressuscitou, não está aqui; eis aqui o lugar onde o puseram. 7 Mas ide, dizei a seus discípulos, e a Pedro, que ele vai adiante de vós para a Galileia; ali o vereis, como ele vos disse".

Para aquele que pecou em sua vida por falta de testemunho (e com algum possível momento de negação de fé na Pessoa do Senhor Jesus), eis também algumas Palavras de encorajamento e fortalecimento: "Apocalipse 2:5a "Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras".

O antes temeroso Pedro, depois daquele deslize moral, tornou-se um ótimo porta voz do Evangelho: "Atos dos Apóstolos 4:12 E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. 13 Então eles, vendo a ousadia de Pedro e João, e informados de que eram homens sem letras e indoutos, maravilharam-se e reconheceram que eles haviam estado com Jesus. 18 E, chamando-os, disseram-lhes que absolutamente não falassem, nem ensinasem, no nome de Jesus. 19 Respondendo, porém, Pedro e João, lhes disseram: Julgai vós se é justo, diante de Deus, ouvir-vos antes a vós do que a Deus; 20 Porque não podemos deixar de falar do que temos visto e ouvido.
Recife - PE
Textos publicados: 319 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.