Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Lembrai-vos do apóstolo Paulo...

...Deus não tem filhos prediletos!

Lendo a Epístola aos Coríntios é que entendemos um pouco da profundidade da experiência vivida pelo Apóstolo Paulo com o Senhor Jesus: "2 Coríntios 12:1 Em verdade que não convém gloriar-me; mas passarei às visões e revelações do Senhor. 2 Conheço um homem em Cristo que há catorze anos (se no corpo, não sei, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) foi arrebatado ao terceiro céu. 3 E sei que o tal homem (se no corpo, se fora do corpo, não sei; Deus o sabe) 4 Foi arrebatado ao paraíso; e ouviu palavras inefáveis, que ao homem não é lícito falar. 5 De alguém assim me gloriarei eu, mas de mim mesmo não me gloriarei, senão nas minhas fraquezas. 6 Porque, se quiser gloriar-me, não serei néscio, porque direi a verdade; mas deixo isto, para que ninguém cuide de mim mais do que em mim vê ou de mim ouve".

Nos versículos 2, 5 e 6, o Apóstolo expõe com bastante cautela uma tremenda e magnífica experiência vivida 14 anos antes de escrevê-la, aí buscando fugir do orgulho e da soberba religiosa.

Também foi na mesma Epístola citada anteriormente em que o Apóstolo Paulo registrou sérias dificuldades no exercício do seu Apostolado: "2 Coríntios 11:24 Recebi dos judeus cinco quarentenas de açoites menos um. 25 Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; 26 Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; 27 Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez. 28 Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas. 29 Quem enfraquece, que eu também não enfraqueça? Quem se escandaliza, que eu me não abrase? 30 Se convém gloriar-me, gloriar-me-ei no que diz respeito à minha fraqueza. 31 O Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que é eternamente bendito, sabe que não minto. 32 Em Damasco, o que governava sob o rei Aretas pôs guardas às portas da cidade dos damascenos, querendo me prender. 33 E fui descido num cesto por uma janela da muralha; e assim escapei das suas mãos".

Os versículos 14 e 15 do 3° Capítulo da Carta de Paulo aos Gálatas ainda expõe um certo - mas a nós não revelado - problema que o afligiu muito: 2 Coríntios 12:7b "... foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. 8 Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim". A despeito disto, O Senhor o consolou com estas Palavras: 2 Coríntios 12:9a "... A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". A estas Palavras alentadotas vinda do Senhor, declarou o seu servo Paulo: 2 Coríntios 12:9b "... De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. 10 Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte". E disse também certa vez este Apóstolo do Senhor: Filipenses 4:11b "... porque já aprendi a contentar-me com o que tenho. 12 Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. 13 Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece".

É necessário lembrarmos que o Apóstolo Paulo declarou ter sofrido (não se sabe por quanto tempo) de um sério problema ocular: "Gálatas 4:13 E vós sabeis que primeiro vos anunciei o evangelho estando em enfermidade da carne; 14 E não rejeitastes, nem desprezastes isso que era uma tentação na minha carne, antes me recebestes como um anjo de Deus, como Jesus Cristo mesmo. 15 Qual é, logo, a vossa bem-aventurança? Porque vos dou testemunho de que, se possível fora, arrancaríeis os vossos olhos, e mos daríeis".

Não esqueçamos também que o chamado do Apóstolo por Deus (conforme aquela experiência vivida no caminho de Damasco) já anunciava que o seu ministério seria marcado por problemas dos mais variados tipos: Atos dos Apóstolos 9:11 E disse-lhe o Senhor (a Ananias): Levanta-te, e vai à rua chamada Direita, e pergunta em casa de Judas por um homem de Tarso chamado Saulo; pois eis que ele está orando; 15 Disse-lhe, porém, o Senhor: Vai, porque este é para mim um vaso escolhido, para levar o meu nome diante dos gentios, e dos reis e dos filhos de Israel. 16 E eu lhe mostrarei quanto deve padecer pelo meu nome".

Paulo, já idoso, décadas depois de iniciado seu ministério Apostólico, escrevendo ao jovem Timóteo, sintetizou o que estava passando na prisão, tudo por amor a Cristo, ao Evangelho e à Igreja: 2 Timóteo 4:6 "Porque eu já estou sendo oferecido por aspersão de sacrifício, e o tempo da minha partida está próximo. 7 Combati o bom combate, acabei a carreira, guardei a fé".
Recife - PE
Textos publicados: 325 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.