Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Jesus fez novas todas as coisas, permaneceremos nas antigas?

Os anjos perguntaram a Ló: "Você tem outros parentes na cidade? Tire-os todos daqui: genros, filhos, filhas ou qualquer outro parente, pois estamos prestes a destruir toda a cidade. O clamor contra ela é tão grande que chegou ao S enhor , e ele nos enviou para destruí-la". Então Ló correu para avisar os noivos de suas filhas: "Saiam depressa da cidade! O Senhor está prestes a destruí-la". Os rapazes, porém, pensaram que ele estava brincando. No dia seguinte, ao amanhecer, os anjos insistiram: "Rápido! Tome sua mulher e suas duas filhas que estão aqui! Saia agora mesmo, ou também morrerá quando a cidade for castigada!". Visto que Ló ainda hesitava, os anjos o tomaram pela mão, e também sua mulher e as duas filhas, e correram com eles para um lugar seguro, fora da cidade, pois o S enhor foi misericordioso. Quando estavam em segurança, fora da cidade, um dos anjos ordenou: "Corram e salvem-se! Não olhem para trás nem parem no vale! Fujam para as montanhas, ou serão destruídos!". Ló chegou a Zoar quando o sol aparecia no horizonte. Então o S enhor fez chover do céu fogo e enxofre sobre Sodoma e Gomorra. Destruiu-as completamente, além de outras cidades e vilas da planície, e exterminou todos os habitantes e toda a vegetação. A mulher de Ló, porém, olhou para trás enquanto o seguia e se transformou numa coluna de sal. Gênesis 19:12-17, 23-26 NVT


É inevitável as mudanças que Deus faz nas nossas vidas, Ele nos chama para a mudança, mas não atendemos ou ouvimos prontamente a sua voz e como Ló, hesitamos (vs 16) para as suas mudanças, podemos ficar analisando as orientações de Deus e não decidir logo fazer sua vontade, deixamos para depois quando as decisões precisam ser tomadas muito rápido, o que podemos correr sério perigo ao nos esquecer de sua vontade, mesmo que as decisões de Deus sejam radicais para andarmos no caminho da verdade, elas são inegociáveis e são sempre perfeitas e agradáveis, Com Noé o fez criar uma arca, com Abraão tirou no meio de sua família para a terra que o mostraria viveu como um peregrino, com Ló o tirou da cidade a força para não ser destruído, pois era um homem justo, ao olharmos para Jesus lemos as suas palavras:

"E o mundo será como no tempo de Ló. O povo se ocupava de seus afazeres diários, comendo e bebendo, comprando e vendendo, cultivando e construindo, até o dia em que Ló deixou Sodoma. Então fogo e enxofre ardente caíram do céu e destruíram a todos. Sim, tudo será como sempre foi até o dia em que o Filho do Homem for revelado. Nesse dia, quem estiver na parte de cima da casa, não desça para pegar suas coisas. Quem estiver no campo, não volte para casa. Lembrem-se do que aconteceu à esposa de Ló! Quem se apegar à própria vida a perderá; quem abrir mão de sua vida a salvará. Lucas 17:28-33 NVT

Os dias são os mesmos do que eram antigamente, trabalhando, casando, as pessoas não estão preocupadas com as palavras de Jesus e seu Reino que virá eternamente, nem ouvir sua vontade, mas sim para tudo o que tem haver com as questões da sua vida neste mundo sonhos, planos, desejos, paixões e etc, mas Paulo e Pedro nos lembram:

Se esperamos em Cristo só nesta vida, somos os mais miseráveis de todos os homens.
1Coríntios 15:19 ARC

Queridos amigos, lembrem que vocês são estrangeiros de passagem por este mundo. Peço, portanto, que evitem as paixões carnais que estão sempre em guerra contra a alma.
1Pedro 2:11 NTLH

Jesus nos ensina a perdermos a nossa vida para este mundo, pois a ganharemos no mundo por vir, Ele mesmo, como Ló nos leva para fora da cidade e faz-nos não olhar para trás quando desejamos cumprir sua vontade, para irmos correndo para sua presença, abrir mão de tudo o que somos ou temos, mesmo lentos como somos, Ele é misericordioso, Ele enfrentou uma escuridão infinita para mudar nosso coração, nos salvar, nos libertar da morte eterna, e termos a fé como patriarca Abraão:
Ele estava esperando pela cidade que tem alicerces que não podem ser destruídos, da qual Deus é o arquiteto e construtor.Hebreus 11:10 VFL

Portanto Lembremos da mulher de Ló, não nos apeguemos a nossa vida, tenhamos o mesmo sentimento de Jesus, sendo Deus não usou os seus direitos, mas viveu uma vida abnegada e obediente, abramos mão de toda e qualquer coisa que atrapalhe nosso caminho para a cidade celestial, luxo, prestígio, honra, dinheiro, tudo o que possa escravizar nosso coração, para sermos salvos e ganharmos a vida de Deus em Cristo, e desta forma nenhuma condenação haverá, caso contrário um destino ruim espera aos desobedientes:(2 Pedro 2:5-10 VFL leia)

Para lembrarmos:

(2 Pedro 3:8-18 VFL leia)

Nós, porém, de acordo com a promessa de Deus, esperamos por novo céu e nova terra, nos quais habita justiça. Por essa razão, meus queridos amigos, enquanto vocês antecipam estas coisas, façam o possível para que Ele os encontre em paz, sem impureza nem culpa. Lembrem-se de que a paciência que o Senhor tem é para que nós sejamos salvos. (2 Pedro 3)

Amém!!
Vitória - ES
Textos publicados: 4 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.