Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

É correto tomar ceia sem ser batizado?

Há quem possa, talvez por falta de conhecimento bíblico-teológico, ou por outra razão além da minha compreensão (que Deus o julgue), defender a ideia (no meu entendimento antibíblica) de que seja possível alguém cear mesmo sem ser batizado. Isto é como querer "colocar a carroça na frente dos bois, atropelando a ordem das coisas, querendo o resultado de algo sem que se tenha cumprido as etapas necessárias para se chegar a isso".

Sem rodeios, é preciso que seja frisado que um cristão genuíno, verdadeiro, lavado pelo sangue, regenerado, habitado pelo Espírito Santo, é todo aquele que se reconheceu pecador, merecedor do fogo do inferno e que, apenas por ter aceitado as Boas Novas de salvação por meio de Jesus, é imerso no corpo místico de Cristo, a chamada Igreja Triunfante (ou invisível).

A Igreja Triunfante é constituída de todos os salvos, de todas as épocas, cujos nomes estão arrolados no Livro da Vida do Cordeiro: Apocalipse 21:27 E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro"

Entenda-se, porém, que ter o nome contido no rol de membros de uma Igreja Cristã não é garantia de ser um salvo, pois há joio com seu nome também aí incluído.

Ainda assim, o ingresso de uma pessoa no rol de membro de uma Denominação cristã local, que é a chamada Igreja visivel, deve ocorrer apenas por carta de transferência de uma outra também de confissão genuinamente cristã, ou por aclamação (por ter sido de outra denominação genuinamente cristã, da qual não foi possível obter carta de transferência) ou pela via do batismo. E, o ingresso pela via do batismo na Igreja, só deve ocorrer mediante declaração prévia da pessoa interessada em se tornar membro, confessando arrependimento de seus pecados e afirmando publicamente sua fé pessoal e salvífica no Senhor Jesus Cristo.

Comecemos, então, com o que disse JESUS, O Salvador da Igreja: Marcos 16:15 E disse-lhes (Jesus): "Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. 16 Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado".

No Dia de Pentecostes, conforme relato contido em Atos 2, fica mais que provada também a necessária prática do Batismo aos que se arrependem dos seus pecados e creem no Evangelho:
Atos dos Apóstolos 2:37 E, ouvindo eles isto, compungiram-se em seu coração, e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, homens irmãos? 38 E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, em remissão de pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo".

Ainda no Livro de Atos dos Apóstolos, vemos ratificada a legítima importância do Batismo, bastando lembrar daquela passagem bíblica na qual um Eunuco é evangelizado, e ele se arrepende dos seus pecados, crer no Evangelho e em seguida é batizado: Atos dos Apóstolos 8:26 "E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta. 27 E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração, 35 Então Filipe, abrindo a sua boca, e começando nesta Escritura, lhe anunciou a Jesus. 36 E, indo eles caminhando, chegaram a uma certa água, e disse o eunuco: Eis aqui água; que impede que eu seja BATIZADO ? 37 E disse Filipe: É lícito, se crês de todo o coração. E, respondendo ele, disse: Creio que Jesus Cristo é o Filho de Deus. 38 E mandou parar o carro, e desceram ambos à água, tanto Filipe como o eunuco, e o batizou".

E é também no mesmo Livro, sobre a conversão do carcereiro de Filipos, que a prática batismal se fez também registrada nas Escrituras: Atos dos Apóstolos 16:30 "... Senhores, que é necessário que eu faça para ser salvo? 31 E eles disseram: Crê no Senhor Jesus Cristo e serás salvo, tu e a tua casa. 32 E lhe pregavam a palavra do Senhor, e a todos os que estavam em sua casa. 33 E, tomando-os ele consigo naquela mesma hora da noite, lavou-lhes os vergões; e logo foi BATIZADO, ele e todos os seus.

Tenho plena convicção de que a participação na ceia do Senhor, da qual nenhuma denominação é detentora exclusiva de sua ministração (pois "a mesa é do Senhor"), deva ser algo restrito aos membros comungantes, em plena comunhão com em suas respectivas Igrejas (e, portanto, já anteriormente batizados).

Termino, pois, esta reflexão considerando as seguintes Palavras registradas de maneira solene e inspirada pelo Apóstolo Paulo: 1 Coríntios 11:27 Portanto, qualquer que comer este pão, ou beber o cálice do Senhor indignamente, será culpado do corpo e do sangue do Senhor. 28 Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice. 29 Porque o que come e bebe indignamente, come e bebe para sua própria condenação, não discernindo o corpo do Senhor".
Recife - PE
Textos publicados: 325 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.