Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Deus procura os fiéis da terra

"Procurarei encontrar pessoas fiéis; esses serão meus companheiros, os amigos que receberei em minha casa. Aqueles que vivem uma vida correta poderão me servir" (Salmo 101.6).

Ser fiel é uma qualidade e uma dádiva. Hoje é uma raridade, por isto Deus procura os fiéis da terra. A pessoa fiel é uma pessoa de total confiança. Fidelidade é o que Deus exige de seus servos, como prova de amor e de temor a Ele. Ser fiel a Deus não significa necessariamente ser fiel a uma igreja, a uma religião fazendo tudo que o ministério pede ou exige, contribuindo e até se sacrificando para o bem da igreja. Claro que isto é importante, mas pode ser apenas um costume como outro qualquer, afinal tem pessoas que se sacrificam pelo seu partido político e até pelo time de futebol.

Deus não quer sacrifícios, se assim fosse a igreja hoje continuaria oferecendo sacrifícios e se sacrificando para agradar a Deus. Deus procura pessoas fiéis como companheiros e amigos para recebe-los na sua casa. Que honra sermos recebidos por Deus! Podemos nos assentar à mesa e comer com ele, ouvir a sua voz atentamente, receber a sua palavra de fé, de esperança, de amor e de confiança. Podemos nos alimentar da Sua Palavra, pois ele tem preparada uma mesa e nos convida ao banquete. Podemos nos saciar com o alimento sólido e saboroso, o maná do céu, o pão dos anjos, a água viva e a sua glória, o seu poder inundando o nosso ser.

Hoje, fala-se muito em fidelidade, cobra-se muito fidelidade, não só entre os casais, mas também na sociedade. Fidelidade na família, na igreja e na política. Mas sobretudo fidelidade a Deus porque ele procura os fiéis da terra, ele exige fidelidade em tudo, pois ele é fiel no cumprimento da sua Palavra. Por outro lado, hoje há muita preocupação com outros aspectos da vida, no tocante à sobrevivência e poucos se preocupam realmente com aquilo que Deus exige. Para muitos, basta ser fiel à sua religião, à sua crença, ao seu trabalho, ao seu amigo ou ao seu cônjuge.

Muitos se esquecem da necessidade de sermos fiéis a Deus, muitos o negam e o trocam por pouca coisa valendo-se da sua inteligência para se sobressair, se esquecendo que Deus a tudo vê tanto no céu como na terra e até debaixo da terra. Muita gente sequer se preocupa em buscar a Deus, a Bíblia diz: "Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto". (Isaías 55.6). Hoje a preocupação quase geral é falar e comentar assuntos terrenos, assuntos corriqueiros, do dia a dia, coisas muitas vezes sem valor, esportes e modas, últimas novidades e preferências, o dia a dia, a correria e a ocupação. Quando somos defrontados ou confrontados pela palavra de Deus, muitas vezes nos calamos.

Certa vez eu disse a um irmão: se você quer saber mesmo se a pessoa está bem, está servindo a Deus, fala de Deus pra ela, comente sobre a Bíblia, peça-a para fazer uma oração. Este é um teste para averiguarmos a fidelidade da pessoa e a sua intimidade com Deus. As pessoas geralmente falam de tudo, mas poucas falam de Deus, da sua Palavra. Tem um hino antigo que diz: "Sabeis falar de tudo que neste mundo há, mas nem sequer palavra de Deus que tudo dá". A pessoa muitas vezes sabe escalar o seu time e até o banco de reservas, mas não sabe o que está escrito em João 3.16. Os dois discípulos no caminho de Emaús falavam a respeito de Jesus, iam tristes pelo caminho quando o Mestre deles se aproximou e participou daquela conversa. Quando falamos de Jesus ele se aproxima de nós e participa de nossa conversa. Deus quer a nossa fidelidade e o nosso amor incondicional para com ele e a sua Palavra, ele procura os fiéis da terra para que estejam com Ele e participem da sua mesa.
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 463 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.