Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

A verdadeira riqueza

"É melhor ser respeitado do que ser rico; é melhor ser amado do que ter uma fortuna em ouro e prata. O rico e o pobre são iguais perante o Senhor, que criou os dois." (Provérbios 22. 1 e 2).

Ser rico é o sonho de muita gente, é o objetivo que norteia a vida de milhões de pessoas. Para muitos, o importante é ser rico, não importa, nem em que situação, ou o que tenha que fazer para atingir este objetivo. Sempre quando vou à lotérica pagar alguma conta vejo pessoas jogando, fazendo suas apostas, ou sua "fezinha" como se dizia antigamente. Este é o sonho de muita gente, mas poucos conseguem realiza-lo.

Segundo a Bíblia, há coisas muito melhores e mais importantes do que ser rico. Ser rico não significa ter segurança, saúde ou proteção, simplesmente significa ter dinheiro e a Bíblia diz que "o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males", portanto o dinheiro pode significar tristeza e sofrimento, além de muita apreensão. Salomão foi claro em suas palavras quando disse: "É melhor ser respeitado do que ser rico..." De que vale a riqueza sem a alegria, a felicidade e o respeito? Há riquezas verdadeiras e outras falsas.

A verdadeira riqueza não consiste em ter bens materiais, se assim fosse a vida seria mais triste, pois a maioria é pobre, sem recursos, sem bens, mas muitos são ricos, não obstante sejam pobres materialmente. E quantos são ricos e são infelizes! "É melhor ser amado do que ter uma fortuna em ouro e prata". Quem não quer ser amado? Quem não quer sentir-se amado e ser feliz com o seu amor que lhe dá carinho, afeto e compreensão? A base para uma vida feliz é o amor, pois ele nos traz segurança e melhora muito a nossa auto estima. O amor nos transforma, nos dá vigor e desejo de estar cada dia melhor para podermos sustentar este amor e vive-lo bem e satisfatoriamente. Ouro e prata são bens materiais, riquezas corruptíveis que se desgastam e se acabam com o tempo, além de muitas vezes nos trazer problemas e insegurança. A verdadeira riqueza não é a riqueza material. Hoje, porém, o ser humano só pensa em riqueza e bens materiais. Mas Jesus nos aconselha a juntar tesouro no céu onde a traça não corrói, onde o ladrão não rouba e onde não existem bancos e instituições financeira que lucram com a nossa riqueza. Lá tudo é espiritual, por isto é que lá prevalece a verdadeira riqueza.

Os homens mais ricos do mundo vivem inseguros, se trancam, pagam seguranças dia e noite para vigiar as suas casas, colocam guardas, reforçam as fechaduras, cerca elétrica, sistema de monitoramento vinte e quatro horas por dia. São pessoas que vivem presas dentro de sua própria casa. O pobre dorme sob a luz da lua, ou numa casa simples e aparentemente sem nenhuma segurança porque a sua riqueza é verdadeira, está escondida em Deus, está guardada no céu. É grande o sofrimento do homem que confia na riqueza e não confia em Deus, o dono de todas as coisas. Seu sofrimento não tem fim, pois o seu deus é o dinheiro e a sua vida é contar dinheiro e se gabar de ter milhões e não conhecer o que é passar necessidade.

Quando um homem se achava assim e ia derrubar os seus celeiros e construir outros maiores, Jesus lhe perguntou: "Louco, esta noite pedirão a tua alma, e o que tens preparado para quem será?". Pedir a alma significa morrer, se acabar para esta vida e entrar numa outra vida desconhecida e sem Deus. Esta é a situação de muita gente que vaga sem Deus, sem paz e sem salvação. Muitos vagam assim sem conhecer a Palavra, sem conhecer a Deus, sem crer em Jesus e sem ter a verdadeira riqueza. Esta é a realidade de milhões de pessoas que vivem neste mundo sem Deus e sem esperança de vida eterna. São miseráveis, embora sejam ricos materialmente, pois estão longe de Deus. Que Deus tenha misericórdia destes que assim vivem!
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 460 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.