Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

134 anos da Primeira Igreja Evangélica do Maranhão

A primeira igreja presbiteriana do Maranhão foi levantada às margens da Praça da Alegria, antigo Largo da Forca, no lugar onde antes havia um galpão, no qual eram armazenados os instrumentos de tortura de escravos e para onde os corpos dos que morriam na forca eram levados.

A história da igreja Presbiteriana no estado começa com a chegada, em 1875, do missionário John Smith, integrante da missão presbiteriana no Nordeste do Brasil. Outros missionários também prepararam o terreno para a evangelização regular, tais como A. I Blackford, em 1878, agente da Sociedade Bíblica Americana. Outro, foi Philadelfo Pontes, paraibano, bom catequista, com sermões de caráter explosivos e companheiro de Blackforde.

Pouco menos de uma década depois de Smith, chega a São Luís o médico Rev. Dr. George W. Butler, que iniciou seus trabalhos de evangelização em 15 de maio de 1885. O Rev. Butler, segundo Themudo Lessa, era um missionário operoso, consagrado homem de Deus, que fez excursões de propaganda pelos rios Itapecuru e Mearim, se cercando de bons auxiliares, colportores e trabalhadores leigos. A primeira reunião realizada foi em um sobrado na rua Grande, esquina com o beco dos Craveiros. Depois daí a sede foi transferida para um grande sobrado à Praça Benedito Leite, próximo à Catedral da Sé. Posteriormente se construiu o templo da Praça da Alegria. Com muito sacrifício foi obtido o prédio, que passou a ser ajustado ao fim que se propunha. O doutor usou parte considerável de seus vencimentos para esta obra, chegando a se alimentar precariamente.

Em 1886, no dia 6 de junho, era fundada a primeira igreja evangélica no Maranhão. O templo foi oficialmente inaugurado em 26 de julho de 1887. Por causa da construção do templo, possivelmente foi escrito um opúsculo contra o Protestantismo, a modo de catecismo, com perguntas e respostas, com horrores contra os reformadores.
A primeira pessoa convertida e batizada por Butler foi D. Maria Barbara Belfort Duarte, esposa do parlamentar e tribuno Dr. Francisco de Paula. A senhora Maria foi uma crente de eminente piedade. Outro grupo de pessoas foram batizadas, que se considera os fundadores do presbiterianismo maranhense: Raymundo Honório e Felix Abreu, mais tarde presbíteros, Anastácio Silva, João Baptista de Jesus, D. Poliana Jansen Tavares e D. Jesuína Galvão. Estes foram batizados no dia e ano de fundação da igreja.
Assim veio se formar a Igreja Presbiteriana de São Luís, que no dia 06 de junho de 2020 completou 134 anos de serviço consagrados a Deus, obediência ao Seu Senhor Jesus e comunhão no Santo Espírito.

Fonte: Anais da 1ª Igreja Presbiteriana de São Paulo, Vicente Themudo Lessa
Sao Luis - MA
Textos publicados: 5 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.