Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Por Escrito

O intelectual como vocação: James Sire (1933 – 2018)

Em 6 de fevereiro de 2018 faleceu James W. Sire, aos 84 anos. Autor “O Universo ao Lado”, considerado um clássico cristão sobre cosmovisões, Wire dedicou grande parte de seus estudos ao assunto. Deu aulas e palestras em mais de 200 universidades pelo mundo e foi editor chefe da editora norte-americana InterVarsity Press, introduzindo o pensamento de figuras como Francis Schaeffer e Os Guinness aos leitores.

Aqui, Paulo Zacarias, editor brasileiro de alguns de seus livros, fala sobre a trajetória do intelectual.


Por Paulo Zacarias

James W. Sire em certo trecho do seu livro Hábitos da Mente – a vida intelectual como um chamado cristão [Editora Hagnos], conta como entrava em sua livraria predileta decidido a comprar apenas um título, mas acabava saindo com mais de uma dezena. Os colocava em ordem de leitura, em pilhas perto de outras pilhas de livros aguardando leitura, cuja ordem nem sempre era respeitada. Como a leitura é um mergulhar na mente do autor, segundo sua própria sugestão, imagino que o rancheiro do Nebraska, como gostava de ser lembrado, completou boa parte da sua agenda de leitura nos seus 84 anos, cinquenta deles dedicados ao ensino da Literatura Inglesa em universidades, assim como teólogo e filósofo cristão.

>> A Morte da Razão <<

Entre as décadas de 1960 e 1980 James Sire foi editor-chefe da InterVarsity Press, uma editora voltada ao público acadêmico e cristãos pensantes. Liderou um movimento de consolidação intelectual cristão numa cultura evangélica cada vez mais fundamentalista e anti-intelectual. Trouxe ao conhecimento público, como editor, pensadores como Francis Schaeffer, Os Guinness, C. Stephen Evans, Rebecca Manley Pippert, Mark Noll e muitos outros pensadores cristãos. Ele mesmo colaborou com 20 títulos, a maioria tratando sobre apologética cristã. Seu livro mais conhecido, mais vendido e traduzido para 20 idiomas, O Universo ao Lado (1976), foi uma marco na tentativa em divulgar a apologética cristã em formato de cosmovisões. E deu certo: mais de 350 mil cópias somente nos EUA.

Meu contato com James Sire foi como editor e através de e-mail, em 1999, quando o convidei para um prefácio à primeira edição brasileira do Universo ao Lado publicado em 2000. O pequeno texto é um testemunho do seu trabalho: “Cosmovisões têm sido meu grande interesse por mais de quarenta anos. Foi durante uma introdução à cosmovisão inglesa do século XVI que comecei a entender a poesia da Renascença. Foi também durante a elaboração dessa cosmovisão e o estudo daqueles que a precederam e a sucederam que um amplo espectro do mundo da literatura, abrangendo do mundo antigo ao século XX, do Oriente ao Ocidente, do Norte ao Sul, foi aberto para mim. Através desse continuado estudo de cosmovisões é que minha fé tem sido plenamente identificada, elaborada e confirmada.” [Illinois, julho de 1999] O Universo ao Lado apresentava um subtítulo: um catálogo básico de cosmovisões como sugestão e um desejo “que este livro seja o início – ou um significativo primeiro passo – em direção ao nosso crescimento intelectual e espiritual”. Surgiram críticas sobre a abordagem de cosmovisão o que fez com que ele refinasse o conceito no livro Dando nome ao Elefante – cosmovisão como um conceito [Editora Monergismo].

>> Cosmovisão Cristã e Transformação <<

Participei na tradução e edição de três livros significativos do autor. Entretanto, conheci o autor através do seu livro Hábitos da Mente: a vida intelectual como um chamado cristão. É um passeio delicioso e divertido (às vezes árduo) do pensamento sobre os clássicos da literatura e um apreço e carinho pela leitura bem feita, um ler e reler linhas, parágrafos, páginas… Sugestão que dá em outro livro How to read slowly [Como ler pausadamente]. Uma imitação de lectio divina buscando prazer na leitura e um adentrar na mente do autor e conhecer outros mundos apropriando-os em nossa própria criatividade [isso não tem preço, nem royalties]. Sire era fascinado pelo pensamento de Václav Havel – pensador, escritor, dramaturgo, dissidente e, subitamente, presidente de uma nação, hoje a República Checa. Uma espécie rara de intelectual e político. Não sei se conseguiu a entrevista que tanto sonhava com o (na ocasião) presidente Václav, mas soube que escreveu um livro com o título Václav Havel – the intellectual conscience of International Politics [Václav Havel – consciência intelectual da política internacional]

James Sire, no bordão dos boletins dominicais das nossas igrejas, “partiu para a glória” no último dia 6, aos 84 anos. Na linguagem paulina mais sofisticada, “deixou esse tabernáculo”. Para não parecer pernóstico de minha parte, sabendo que “o saber ensoberbece” virou mantra para muitos evangélicos abdicarem do pensamento, vou reproduzir o poema do jesuíta Gerard Manley Hopkins utilizado por Sire para corroborar que um intelectual cristão (ou aspirante, como ele se dizia) só o é para a glória de Deus. A humildade faz parte do pacote como um tremendo contrapeso.

Num relâmpago, a um estrondo de trombeta-final,
Súbito sou tudo que Cristo é, se Ele foi tudo que sou, e, num instante,
Este João-Ninguém caçoado, pobre caco, trapo, palito de fósforo,
imortal diamante.
É diamante imortal

• Paulo Zacarias é editor, tradutor, professor de Ciências e membro da 4ª Igreja Presbiteriana Independente em Sorocaba, SP.

Leia mais
>> Melvin Banks tinha um sonho
>> Resgatando a capacidade de usar o intelecto

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Por Escrito

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.