Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Vença o pecado da inveja

A inveja destrói os outros e nos destrói também. A inveja faz com que pessoas percam sua reputação e dignignidade por causa de outras. Muitos são destruídos pela inveja, que é algo venenoso e chega a levar alguém a ter atitudes absurdas. Mas a maior vítima dela é o invejoso. Ao destruir alguém, acaba destruindo a si mesmo. Veja o exemplo de José, foi vendido como escravo por causa da inveja de seus irmãos, porém os próprios irmãos levaram dentro de si uma culpa durante anos.

Mas podemos vencer este inimigo que nos rodeia a todo instante. Renuncie a inveja, sonde seu coração e arranque pela raiz a erva daninha deste pecado. Se isto é algo que te incomda, se você não consegue se contentar com a felicidade do outro, se você acha que outra pessoa é favorecida por Deus e você não, se você acha que as pessoas mais próximas tem mais do que você, que o outro é melhor do que você e isso te corrói por dentro, se você tem o hábito de denegrir a imagem de alguém com intuito de mostrar de quem é melhor é você, se você faz fofoquinhas pelos arredores acabando com a reputação, expalhando contenda? Está na hora de você se livrar de vez da inveja, isso chama-se pecado e pode acabar com sua vida espiritual e emocional.

VENÇA ESTE PECADO! Ore pela pessoa que você tem este tipo de sentimento, Deus irá te ajudar. Lembre-se de todos os benefícios que Deus tem feito a você. E confie em Deus, é ele que faz todas as coisas

simonedemelo.blogspot.com
Diadema - SP
Textos publicados: 14 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.