Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Ministério Infantil e Missões

Jesus inaugurou a instauração do Reino de Deus. Jesus nos ensinou a amar a expansão do Reino de Deus. O Reino de Deus, segundo Seu Filho Jesus, é como um grão de mostarda, que começa pequeno e vai crescendo e se faz árvore que acolhe as aves (cf. Mt 13:31 a 32). O Reino de Deus vai se expandindo e se torna local de refúgio para as pessoas atribuladas, angustiadas e sedentas. Por mais que a fase infantil seja regada de alegria, as crianças também têm seus medos e já podem ser ensinadas sobre as consequências do pecado e que Jesus é o Senhor e Salvador.

Jesus amou as crianças e as incluiu no seu ministério. Jesus usou as crianças como exemplo de conversão para ensinar aos seus discípulos. Jesus colocou a criança em lugar de honra: "no meio deles" (cf. Mt 18:3). Jesus disse que "aquele que se humilhar como esta criança, esse é o maior no reino dos céus" e acrescentou a responsabilidade dizendo "quem receber uma criança, tal como esta, em meu nome, a mim me recebe" (Mt 18:3 e 4). A responsabilidade da igreja de Jesus é acolher e ensinar as crianças. A igreja deve almejar um crescimento espiritual das crianças, deve ansiar por ver conversões no seio do ministério infantil. Uma igreja que investe nas crianças colherá frutos eternos e colherá frutos para as próximas gerações. A igreja que investe nas crianças não padecerá de liderança no futuro, porque as crianças estarão aprendendo amar a Deus acima de todas as coisas, desde a tenra idade. Martinho Lutero dizia: "Se o Reino de Deus vem com poder precisamos começar com as crianças e devemos ensiná-las desde o berço".

No caótico movimento evangélico brasileiro que está pregando outro evangelho, que está cada vez mais distante das Escrituras, e que está produzindo fiéis e não cristãos, precisamos investir nas novas gerações. As crianças precisam de muito investimento. Ao pensar no investimento missionário, precisaríamos olhar para a nossa igreja local com um campo missionário. O ministério infantil é um campo a ser arado e semeado; é também um campo para colheita. As crianças precisam do puro evangelho, pois os ataques da mídia é forte e o secularismo é passado para elas através de vários meios de comunicação. A busca pelo entretenimento e pelos aparelhos tecnológicos sequestram as crianças para um universo cada vez mais distante da dos relacionamentos. As crianças recebem orientações nas escolas que são contrárias as Escrituras Sagradas e por isso precisamos fazer com que a semente do evangelho esteja nos corações delas, para que elas não sejam seduzidas a pecarem e se distanciarem de Deus (cf. Sl 119:11).

O ministério infantil deveria ser olhado como um campo missionário que precisa de investimento. É curioso como nossos olhos recaem sobre o mundo distante, e como somos direcionados a olharmos as necessidades que estão para além de nossas fronteiras e nos esquecemos de olhar para nosso contexto. Ao nosso redor há crianças que precisam de Jesus e os coleguinhas das crianças de nossa igreja precisam de Jesus. Se compartilharmos o evangelho com as crianças, elas poderão desde a tenra idade ser missionárias ao compartilhar com seus pais o que estão recebendo, e assim muitos pais irão vir a Cristo. Que o ministério infantil seja muito mais do que um espaço para as crianças se distraírem, que seja um espaço de entretenimento enquanto os pais assistem os cultos, mas que seja o campo de pregação do evangelho, discipulado e ensino da Palavra de Deus. O mundo carece de pessoas de caráter, íntegras e amorosas e nós temos o privilégio de investirmos nessas pequenas vidas que poderão ser em breve faróis a refletir a imagem de Jesus.

Que desde o berço nossas crianças aprendam amar a Jesus e a Sua obra. Ministério infantil não é brincadeira, é um ministério a ser levado a sério, onde há brincadeiras e diversões sim, mas que o foco seja sempre o evangelho. Vamos semear, outros irão regar, alguns irão colher, mas o Senhor dará o crescimento. Que os nossos olhos vejam que o ministério infantil é um campo missionário.
Bauru - SP
Textos publicados: 19 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.