Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Família em destruição ou seria Fake News?

Em uma reunião, em um sindicato, no último dia 6, uma deputada federal falou por 48 minutos sobre preconceitos em relação a "modernismos" [a expressão é minha] que estão, a cada dia, sendo introduzidos no nosso dia a dia e, segundo um vídeo que transita nas redes sociais, propõe a extinção da família tradicional [machismo], do racismo e da LGBTfobia; tive o cuidado de assistir o vídeo, em seu inteiro teor, e verificar que, nas entrelinhas, o que se propõe é isso mesmo.

Pode não ser uma proposta dela, exclusivamente na palestra, mas há um projeto de lei, de sua coautoria, que diz claramente que a criança deve optar [decidir] sem a influência dos adultos, da família; é a tal da "ideologia de gênero" que insiste que a família não deve "rotular" [expressão minha] a criança como "menino" ou "menina", pois ela tem o direito de escolher a "modalidade" [expressão minha] sexual que pretende abraçar entre as várias já existentes prática e literalmente; isso depois de experimentá-las.

O seu Projeto de lei 5002/2013 [Lei de identidade de gênero] art. 5º - parágrafo primeiro diz:

"Quando, por qualquer razão, seja negado ou não seja possível obter o consentimento de algum/a dos/as representante/s do Adolescente, ele poderá recorrer a assistência da Defensoria Pública para autorização judicial, mediante procedimento SUMARÍSSIMO que deve levar em consideração os princípios de capacidade progressiva e interesse superior da criança" (sic).

Gostaria de reiterar aqui o que eu já disse no meu anterior artigo: "Queermuseu: a arte de fazer arte":

"Paralelamente vem se impondo um ‘currículo escolar’ no qual é forte o tema ‘ideologia de gênero’ que já induz as crianças, na tenra idade, a crer [aí sim por imposição] que as pessoas nascem sem "sexo" definido – nem menino, nem menina, podendo optar por quais costumes querem viver – ‘Necessário experimentar todas as ‘opções’ existentes [quantas quiser].

Isso é desconstruir a família tradicional, como Deus a criou!’"

Para reforçar o argumento de que o que se pretende é isso mesmo [desconstruir a família] ainda citei que o PNDH 3 [Programa Oficial do Governo para a Educação] diz que "é objetivo do governo [anterior] desconstruir a ‘heteronormatividade’. [Eixo orientador III, diretriz 10, objetivo estratégico V – Ação programática d]".

A intenção, e isso vem de longe, vem da serpente no Éden, é querer destruir os conceitos ditados por Deus, o Criador; foi Deus quem criou esse modelo de família; "poderes" outros vêm tentando impor novos valores ["desvalores"] através de doutrinação em todos os segmentos da sociedade e agora quer invadir o último e mais importante bastião da pureza, a criança.

* Já esqueceram que em situação semelhante, e não menos grave, Deus mandou juízo sobre a terra e destruiu Sodoma e Gomorra, salvando alguns membros de uma família fiel;

* em outra situação destruiu tudo preservando apenas uma família, a de Noé, que através de uma arca orientada pelo Criador, Deus e Pai, foi salvo das águas de dilúvio.

Como cristãos, temos que tomar uma posição, firme e bíblica, para preservar o que Deus criou; foi Ele quem determinou o modelo de família que hoje prevalece:

"Deixa o homem pai e mãe e una-se à sua mulher e sejam os dois uma só carne" (Gn. 2 24).

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 511 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.