Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

A reversão da bênção: abençoe Israel!

A questão é: a promessa de Deus a Abrão é personalizada [somente dele] ou inclui a Nação de Israel?

"Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra" (Gn. 12 3).

Bumerangue é um objeto com um formato semelhante a um "V"; a pessoa o lança no ar, em uma determinada direção, ele vai, mas volta em direção ao lançador.

Ouso dizer que a bênção é como um bumerangue, você abençoa uma pessoa [familiar, amigo ou até inimigo] e a bênção retorna para você. Se já é assim em relação a qualquer pessoa que recebe a sua bênção, muito mais em relação a Israel, pois foi uma promessa feita, por Deus, a Abrão.

A princípio essa palavra foi dirigida, por Deus, à pessoa física de Abrão, homem que foi fiel a Deus, independente de qualquer condição; Deus disse a ele: "Sai da tua terra, da sua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei" (Gn. 12 1), e ele obedeceu "cegamente" [no bom sentido].

Mais tarde, já como Abraão, Deus pediu que ele sacrificasse o seu filho Isaque e ele obedeceu por confiar em Deus; sabia ele que Deus lhe providenciaria um animal para o sacrifício [como de fato, ocorreu], poupando Isaque, ou, se consumado o ato, o Senhor ressuscitaria seu filho.

Sim, a promessa [Aliança Abraâmica] de Gn. 12 1-3 foi dirigida a ele; a sequência do texto e contexto, inclusive neotestamentário, confirma e amplia a promessa, a bênção [incondicional e perpétua]:

- Gn. 12 6-7 com destaque para "Darei à tua descendência esta terra";

- Gn. 13 14-17 ressaltando "porque toda essa terra que vês, eu ta darei, a ti e à tua descendência, PARA SEMPRE";

- Gn. 15 1-21 "Olha para os céus e conta as estrelas, se é que o podes. E lhe disse: será assim a tua posteridade" (v. 5);

- "Eu sou o Senhor que te tirei de Ur dos caldeus, para dar-te por herança esta terra" [v. 7];

- "À tua descendência darei esta terra, desde o rio do Egito até o grande rio Eufrates..." [v. 18-21];

- Gn. 17 1-14 – Ressalto a mudança do nome para Abraão [v. 5] e a confirmação e ampliação da aliança: "Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e A TUA DESCENDÊNCIA no decurso das suas gerações, ALIANÇA PERPÉTUA, para ser o teu Deus e da tua descendência. Dar-te-ei e A TUA DESCENDÊNCIA a terra das tuas peregrinações, toda a terra de Canaã, em POSSESSÃO PERPÉTUA, e serei o seu Deus [v. 7-8] ...a minha aliança estará na vossa carne [circuncisão] e será ALIANÇA PERPÉTUA" [v. 13];

- Gn. 22 15-18 – enfatizo "a tua descendência possuirá a cidade dos seus inimigos, nela SERÃO BENDITAS TODAS AS NAÇÕES DA TERRA, porquanto obedeceste à minha voz" [v. 18];

- Deus diz a Abraão que Sara terá um filho seu e que estabelecerá com ele a aliança perpétua: "De fato, Sara, tua mulher, te dará um filho, e lhe chamarás Isaque; estabelecerei COM ELE a minha aliança, aliança PERPÉTUA para a sua descendência" [Gn. 17 19];

- Gn. 28 12-14 – Em sonho, Jacó recebe a Palavra do Senhor confirmando a aliança: "A tua descendência será como o pó da terra; estender-te-ás para o Ocidente e para o Oriente, para o Norte e para o Sul. Em ti e na tua descendência serão abençoadas todas as famílias da terra" [v. 14];

- Jr. 31 31-40 é, no meu entendimento, o texto mais forte em que Deus diz que preservará Israel:

"Assim diz o Senhor, que dá o sol para a luz do dia e as leis fixas à lua e às estrelas para a luz da noite, que agita o mar e faz bramir as suas ondas; Senhor dos Exército é o seu nome. SE FALHAREM ESTAS LEIS FIXAS diante de mim, diz o Senhor, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre.

Assim diz o Senhor: Se puderem ser medidos os céus lá em cima e sondados os fundamentos da terra cá embaixo, também rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram (...). Esta Jerusalém JAMAIS SERÁ DESARRAIGADA OU DESTRUIDA";

Em Hebreus 8 6-13 é confirmado o texto veterotestamentário, de Jr. 31. 31-34, que termina afirmando "Pois perdoarei as suas iniquidades e dos seus pecados JAMAIS ME LEMBRAREI".

Concluindo, embora possa haver muito mais a examinar, não posso preterir o lindo e importante capítulo 11 da carta aos Romanos que deixa claro que a rejeição a Israel não é definitiva; como ramos naturais foram arrancados da videira surgindo daí a condição para os gentios serem enxertados, sendo que estes também podem vir a ter o mesmo tratamento; também alerta que se eles [judeus] não permanecerem na incredulidade, serão enxertados de novo, pois Deus é poderoso.

Afirma [v. 26] que TODO O ISRAEL SERÁ SALVO – novamente fica claro que os dons e a vocação de Deus são irrevogáveis (v. 29).

O Senhor disse, pela voz do salmista: "Orai pela paz de Jerusalém! Sejam prósperos os que te amam" (Sl. 122 6).

Pense nisto!
São Paulo - SP
Textos publicados: 482 [ver]
Site: http://www.sefiel.com.br

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.