Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Ultimato 53 anos. Parece, mas não foi ontem

Por Marcos Bontempo

Na verdade, são mais de 53 anos. As orações, os sonhos, o trabalho e os planos começaram antes. Bem, no princípio, Deus... Para conhecer a história como ela aconteceu, nada melhor do que ouvir aquele que a conduziu e também nos guiou durante mais de 4 décadas, o jornalista e pastor Elben César: nos podcasts sobre as histórias da Ultimato, do jornal, da revista, dos livros: ouça no Spotify.

A linha do tempo começa com a primeira edição do então "Jornal Ultimato", em 1968. Pasme, naqueles dias não havia sequer um periódico não denominacional. Apenas jornais ou revistas como o Brasil Presbiteriano, Jornal Batista, Imprensa Metodista, entre outros.

Em 1976, a primeira mudança, com o lançamento do novo formato: a revista, ainda em preto e branco. Em 1993 lançamos o primeiro livro da editora: Deixem Que Elas Mesmas Falem, que se tornou um marco da mistura entre o ficcional e a narrativa das Escrituras, dando voz às mulheres da Bíblia, com suas dores, angústias e experiências religiosas mais profundas. Em 1995, a primeira edição da revista em cores.

Em 1997, começamos a publicar os primeiros e-mails recebidos na seção mais antiga da revista: "Cartas à Redação"; e, logo depois, arriscamos os primeiros passos na internet. E aqui é preciso lembrar que, no final da década de 90, não era fácil pronunciar aquela espécie de neologismo que invadia a nossa rotina: “e-mail”. Basta ouvir com cuidado um nativo americano ou inglês. E, para evitar constrangimento, dizia-se “correio eletrônico” e “endereço eletrônico”. Aliás, é bom que se diga, o conhecido “gmail” foi lançado somente em 2004. Assim, o nosso diretor-redator se recusava a pronunciar “e-mail”, confessando sempre sua dificuldade com a língua inglesa. Felizmente, um belo dia daqueles anos, anotei em uma página branca o número “1,5” e pedi a ele que fechasse os olhos. Aproximei-me e disse para que, ao abrir os olhos, lesse rapidamente o papel que estava à sua frente. Pronto, ele abriu os olhos e leu em voz alta: “um e meio”. Estava terminado o drama do velho “correio eletrônico” e, a partir daquele dia, o Reve – era assim que o chamávamos – todos os dias perguntava se havia chegado “um e meio”...

Em 2001, entra em funcionamento a nossa loja online. Depois, vieram os blogs e o portal ultimato.com.br se tornou um guarda-chuva para colunistas e organizações parceiras. Em 2008, no Encontro de Amigos, celebramos durante três dias, ao lado de articulistas, parceiros e leitores do país inteiro, 40 anos da revista.

Em 2016, perdemos nosso fundador, diretor-redator da revista até a sua morte, em outubro daquele ano. Em 2018, celebramos 50 anos da revista, com um culto de gratidão e a presença do seu colunista mais antigo, o pastor Valdir Steuernagel.

Em 2020, pelas misericórdias de Deus não fomos consumidos e, pela sua graça, lançamos além dos livros, a Assinatura Digital, que agora faz companhia ao acervo também digital das edições anteriores da revista à disposição do leitor.

Em janeiro de 2021, contamos 53 anos de publicação ininterrupta. Um milagre. Vários milagres. Damos graças a Deus pela sua misericórdia e estendemos nossa gratidão ao leitor pela sua companhia e apoio ao longo dos anos. Ultimato não está sozinha. A expressão “ao lado de muitos outros” acompanha a nossa história desde 1968: “Ao lado de muitos outros, [Ultimato] participa da proclamação da Boa Nova que nunca fica velha, da Esperança que nunca morre e do Salvador que nunca muda".

E, hoje, para celebrar os 53 anos com o leitor, colocamos todo o catálogo pela metade do preço.

Leia mais:
Ultimato: ao lado de muitos, há 53 anos

É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 191 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.