Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Sociedade precisa repensar o papel da TV, diz deputado

(ALC) O modelo de comunicação no Brasil é perverso e a sociedade deve repensar o papel da televisão, que cumpre um papel ideológico de alienação e de estímulo ao consumismo, disse o deputado Orlando Fantazzini no programa especial VerTV, que foi ao ar no domingo, na TV Câmara.

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados promoveu, no domingo, a terceira edição do Dia Nacional Contra a Baixaria na TV, enfocando, neste ano, o tema publicidade para crianças e adolescentes. A publicidade está presente em mais de 20% do horário diário da TV. Segundo a Comissão, a mídia televisiva afasta-se dos princípios que deveriam nortear a sua programação: educar, informar e divertir.
 
Hoje, a mídia promove uma educação maciça para o consumo ao invés da educação para a cidadania, argumentou a psicóloga Ana Olmos, em depoimento gravado para o programa VerTV. “É isso que queremos, que as crianças sejam consumidoras ou que a TV trabalhe valores como cidadania e solidariedade?” Leia mais em Agência ALC

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.