Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Saúde emocional é uma conquista

Alegria de águas profundas
Por isso o meu coração se alegra e no íntimo exulto
. (Sl 16.9.)

Não é possível livrar-se de más notícias, do imprevisível. Por mais que os manuais de auto-ajuda digam o contrário ou que a teologia da prosperidade determine. É preciso ler a Bíblia toda, os textos todos para encontrar, como Paulo, contentamento “em toda e qualquer situação”.

Confira a meditação de hoje do livro Refeições Diárias com o Sabor dos Salmos, do pastor Elben César.

ESTABILIDADE EMOCIONAL é uma conquista, um patrimônio sem medida. Esse estado de espírito elimina o entra-e-sai da tristeza e da alegria, do temor e da coragem, da depressão e da euforia, da dúvida e da certeza. Diminui as desgastantes variações de ânimo. A genuína estabilidade emocional não depende necessariamente de alguém ao nosso redor nem de circunstâncias favoráveis. Ela suporta os imprevistos, a dor, o sofrimento e a distância. Ela se dá a despeito de tudo e de todos. Doutra forma, não poderia ser chamada de estabilidade emocional. 

O cristão que põe o Senhor à sua frente dia após dia, momento após momento, além de não ser facilmente abalado, experimenta uma alegria preciosa e curiosa. Essa é a experiência do salmista: “[Porque sempre tenho o Senhor diante de mim], o meu coração se alegra e no íntimo exulto” (Sl 16.9). 

Trata-se de uma alegria de águas profundas, nascida e preservada no âmago, no centro, na parte mais íntima do ser, na alma. Uma alegria, digamos, espiritual. Uma alegria interior e não facial. É a tal alegria teimosa, que nunca vai embora, que ninguém pode arrancar, que ladrão algum pode roubar, da qual falou Jesus (Jo 16.22).
A mais famosa afirmação de estabilidade emocional foi feita pelo profeta Habacuque. Em tempos absurdamente difíceis, ele declarou: “Ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação” (Hb 3.18). 

É muito pobre a alegria que, ao primeiro susto, bate as asas. O crente bem treinado e exercitado na alegria pode fazer a mesma declaração que Paulo fez: “Aprendi a viver contente em toda e qualquer situação” (Fp 4.12).

Leia o livro
Saúde Emocional e Vida Cristã, Esly Regina Carvalho
Caminhos da Graça, Karin H. K. Wondracek
Refeições Diárias com o Sabor dos Salmos, Elben M. Lenz César

Leia mais
Edição 269 da revista Ultimato, Depressão e sofrimento

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.