Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Para que serve a "autoajuda"?

Livros classificados como de “autoajuda” me incomodam. As duas palavras, “auto” e “ajuda”, são de fácil entendimento. No entanto, por definição, autoajuda é um “método de aprimoramento pessoal [...], sem ajuda de outrem [grifo meu]”. Ora, o que mais temos são livros e especialistas em ajudar os outros. E, quase sempre, com conselhos e promessas nem sempre honestos, para dizer o mínimo. Uma mistura de tautologia literária com psicologia de quinta categoria.

Para nossa surpresa, a Editora Ultimato acaba de ganhar o Prêmio Areté de Literatura 2010 – pasme -- na categoria “autoajuda”, com o livro Salvos da Perfeição, de Elienai Cabral Jr. O que fazer? Bem, uma tentação é queimar todos os exemplares que nos restam e não aceitar a premiação... Brincadeira. Outra possibilidade é ignorar tal classificação e reler o livro premiado.

Faço a lição de casa e leio novamente: “O acolhimento da sugestão venenosa da Serpente de saber como Deus, de ver como Deus, de ser como Deus [...] de fugir à nossa humanidade, divinizando-nos, é como sempre pecamos”. Leio um pouco mais: “A Bíblia não é boa em contar histórias de heróis. Suas histórias de heróis são ruins porque todos os seus heróis fracassam. [...] Talvez o fracasso do herói seja a única forma de ele acordar da ficção para voltar à vida”. E, como que traindo a “classificação” e o prêmio recém-conquistado, o autor continua: “O que a ruína de um herói pode nos ensinar sobre a vida? Essa é uma pergunta que a Bíblia nos impõe com insistência, como um antídoto para o veneno de nossos exagerados idealismos”. Para não deixar dúvida sobre as “promessas” do livro, ele confessa: “Salvos da Perfeição foi escrito para nos ajudar a nos livrar da pretensão tola e venenosa, insinuada pela Serpente, de uma vida perfeita”.

Bem, depois do susto, Ultimato pode se recompor e aceitar a premiação. Claro, continuo desconfiado. Autoajuda pode ser um veneno...
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 179 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.