Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Discipulado nos quatro cantos do país

Por Aliança Cristã Evangélica Brasileira

A Consulta Nacional da “Década de Fazer Discípulos”, transmitida on-line no dia 19 de maio de 2020, reuniu mais de 115 pastores e pastoras, representando onze denominações evangélicas, sete igrejas referenciais e dezenove movimentos voltados à prática do discipulado no Brasil e no exterior.

O evento contou com preleções de Edmund Chan, David Kornfield, Abe Huber, Aloisio Silva, Fabricio Freitas, Gedimar de Araújo, Ilaene Schüler, Marcos Madaleno, Paulo Mazoni, Ricardo Agreste, Roberto Silvado e Silas Tostes, líderes que falaram sobre pautas importantes para o fortalecimento do movimento de discipulado no Brasil, tendo em seu pano de fundo o cumprimento da Grande Comissão.

A “Década de Fazer Discípulos” (DFD) foi lançada pela Aliança Evangélica Mundia (WEA) que, no Brasil, atua em parceria com a Aliança Cristã Evangélica Brasileira e “Igrejas que Intencionalmente Fazem Discípulos” (IIFD). David Kornfield, representante da WEA, chamou os líderes a entender que a Covid-19 é um kairos de Deus, que abre oportunidades inéditas para que os pastores e líderes repensem o problema do ativismo frenético e se dediquem a fazer discípulos que realmente se multipliquem.

Discipulado nos quatro cantos do país
Os líderes estratégicos reunidos na Consulta se juntaram à proposta de “mobilizar a igreja toda para discipular o país todo”. Essa visão abre espaço para um processo contínuo que ajude pastores, pastoras, líderes de redes, igrejas, denominações ou movimentos a contribuir para um movimento nacional de discipulado. Como dinâmica, todos receberam uma leitura como tarefa prévia e, em conjunto, construíram uma proposta de seguimento à consulta.

Roberto Silvado, pastor na Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, PR, percebeu uma unanimidade quanto à necessidade de um “avivamento discipular” na igreja brasileira. Os líderes de diferentes expressões denominacionais e movimentos sinalizaram maneiras de contribuir uns com os outros, inclusive integrando melhor evangelismo e discipulado. A rica troca de experiências propiciou um ambiente de diálogo e interação, dando a todos uma clara perspectiva de movimento nacional.

Os participantes foram motivados a dar seguimento à Consulta por meio da formação de um “Grupo de Sonhadores”: pessoas ungidas, competentes e apaixonadas pela formação de discípulos, para dar continuidade às iniciativas propostas no evento. Todos foram incentivados a reproduzir a Consulta Nacional em seus contextos geográficos, denominações e organizações. Entre os projetos futuros, a DFD planeja realizar uma Consulta anual por três dias, em 2021.

Saiba mais sobre a “Década de Fazer Discípulos”
E-mail: ilaene@gmail.com
Youtube: Mulheres Mentoras & Homens Mentores

Fonte: Discipulado nos quatro cantos do país | Aliança Evangélica
Reinaldo Percinoto Junior mora em Viçosa, MG, com sua esposa Maira e seus dois filhos, João Marcos e Daniel.
  • Textos publicados: 17 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.