Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Por Escrito

Sua graça me basta. Por isso, escolho sua Palavra

Por Nathasha Borges

Paulistana, nasci num lar cristão. Meus pais tiveram um encontro de salvação com Cristo pouco antes do nascimento meu e dos meus irmãos. Quando somos criança, pensamos que nossos pais sabem de tudo, e que nós, crianças, é que precisamos aprender - inclusive como ser cristão. Hoje eu vejo que cresci com pecadores como eu, que aprenderam – e ainda aprendem – a negar o velho homem e que buscaram ensinar a mim e a meus irmãos o amor e suficiência de Cristo Jesus.

Por crescer em um lar cristão, não sei o momento exato da minha conversão, mas tenho momentos marcantes em minha mente, e, quando penso na palavra “conversão”, são eles os primeiros dos quais me lembro. Primeiro, me recordo de um culto das crianças em que a professora orou por aqueles que queriam ter um relacionamento com Jesus, eu fui uma dessas.

Depois, aos meus 17 anos, lembro de mudar de igreja. Eu deixaria para trás uma comunidade na qual eu tinha amigos mais chegados que irmãos, porém onde já não havia mais a centralidade da palavra de Deus, para ir para uma igreja na qual eu não conhecia ninguém, mas onde eu poderia crescer no conhecimento da Palavra. Foi uma escolha muito difícil e dolorosa, porém eu optei pela Palavra. Eu precisava desenvolver meu relacionamento com Deus, eu sabia disso.

Já dos meus 19 anos até os 22 anos, foi a fase de tratamento da minha depressão. Foi um choque descobrir que eu tenho depressão, que eu escutava em minha mente vozes que eu não podia controlar e que não eram a minha própria. E o que eu não entendia era: por que Deus me permitia passar por aquilo? Eu estava sendo punida por algum pecado? Ele havia me abandonado?

Foram muitas questões, mas todas foram respondidas ao pé da cruz. Ali entendi não somente que eu não merecia o perdão e amor de Cristo, mas que Ele os concede gratuitamente e que a Sua graça me bastava. E ainda hoje me basta.

Não sei em qual momento exato aconteceu minha conversão, mas a minha santificação tem ocorrido a cada dia por meio dEle, por Ele e para Ele.

• Nathasha Borges tem 26 anos, é estudante de História na Universidade Federal de Viçosa e representante discente de seu curso. Hoje é membro da Igreja Presbiteriana de Viçosa e ama chocolate, exceto de amendoim.

Leia mais

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Por Escrito

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.