Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Livro de pastor que denunciou crimes na ditadura completa 30 anos

O livro “Brasil: nunca mais”, lançado em 15 de julho de 1985, traz relatos de abusos registrados em documentos oficiais no período da ditadura militar. A obra nasceu de uma pesquisa sigilosa iniciada em 1979 por um grupo que se dedicou a apresentar ao público o mecanismo de repressão do regime militar brasileiro que prendia, torturava e matava.

O reverendo Jaime Wright, pastor presbiteriano já falecido, foi um dos organizadores do projeto “Brasil: nunca mais”, juntamente com dom Paulo Evaristo Arns e o rabino Henry Sobel. “Quase sempre a questão da repressão política é levantada a partir de denúncias dos atingidos ou a partir de relatos de terceiros”, escreveu Wright. O diferencial do livro é que se baseia numa pesquisa que estudou a repressão exercida pelo regime militar a partir de documentos produzidos pelas próprias autoridades encarregadas dessa controvertida tarefa.

Autor de Jaime Wright – o pastor dos torturados, Derval Dasilio retrata assim o pastor presbiteriano:

“Jaime Wright começou a procurar pelo irmão, presbítero da IPB (Igreja Presbiteriana do Brasil) de Florianópolis, SC, Paulo Stuart Wright – o deputado fora cassado, sequestrado e morto pela ditadura militar. Aproximando-se de presos políticos, participou do projeto Clamor, que defendeu perseguidos políticos no Brasil e países da América Latina, com financiamento ecumênico intermediado diretamente pelo CMI. Ajudou a reunir os documentos que deram origem ao relatório “Brasil: Nunca Mais”, que revelou a extensão da repressão política no Brasil, identificando e denunciando os torturadores do regime militar, bem como desvelando as perseguições, os assassinatos, os desaparecimentos e as torturas em lugares secretos; revelando atos praticados nas delegacias, unidades militares e locais clandestinos mantidos pelo aparelho repressivo no Brasil”.

“A fé cristã afirma o contrário quanto aos absurdos. São agressões à consciência libertária da fé em esperança. Assim, o reverendo Jaime Wright será lembrado como um homem que não fugiu de sua vocação”.

“Brasil: nunca mais” apresenta detalhes de como funcionaram as agências de investigação, quais eram seus critérios, quem foram os principais perseguidos, os movimentos de esquerda existentes na época, como eram feitas as prisões e expõe as técnicas de tortura utilizadas nos presos políticos. O livro também é o ponto de partida para o documentário Coratio, que conta a história de brasileiros que lutaram contra o regime.

Com informações da EBC e da Folha

Leia também
O pastor dos torturados
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1131 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.