Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

As bizarrices do carnaval

O Carnaval já passou, já se foi nas brumas levado pelo vento das brincadeiras, das brigas e das confusões. Se fosse diferente não seria carnaval e, portanto, não teria a repercussão que tem. Seria uma festa cristã e não uma folia pagã com direito a todo tipo de comportamentos, alusões, insinuações e confusões. Se fosse diferente seria "uma festa de crente" e seria uma brincadeira sadia com a presença da família, com muita alegria e sem provocações. Por falar em provocação, isto é o que mais se vê no Carnaval.

A começar pela aparência das pessoas e segundo as suas atitudes bizarras e excêntricas. No carnaval acontece, de tudo mesmo, até cenas proibidas (ou que deveriam ser proibidas) em público, com pessoas de todas as idades passando por perto, e alguém olha e diz: "Não tem problema, é carnaval mesmo". O que deveria ser educativo, engraçado, positivo, na verdade é um esculacho. Mas todo mundo sabe que é assim, vai e gosta, vai todo ano e a cada ano é pior.

Conforme eu tenho visto e lido nesses dias, esse ano conseguiu ser ainda pior, mais bizarro, mais anti cristão e mais provocante a ponto de chocar até o presidente da República que postou no Twuitter um vídeo que depois foi censurado pelo teor do mesmo. E isto está causando muitas discussões nas redes sociais e até em outros países. Chegamos ao máximo da excrescência, da indignidade quando o assunto é carnaval. Hoje, além dos temas ditos históricos e culturais, os carnavalescos estão lacrando com temas políticos e religiosos.

Alguém já disse que é a esquerda nervosa que age assim por ter perdido o seu trono que ocupou durante quase duas décadas. Acredito que se isto for verdade a tendência é piorar mais, se é que tem como piorar. Não respeitam nada, nem a família e muito menos a religião, ou as autoridades políticas e religiosas, enfim não se respeitam e não se dão ao respeito. Na avenida os passistas passam fantasiados deixando partes de seus copos nus para chamar a atenção do público, usam o chamado tapa sexo que praticamente não tapa nada. Querem ser vistos, admirados e comentados, fotografados e expostos nos meios de comunicação. Uma verdadeira Sodoma e Gomorra em pleno século XXI. São as bizarrices do Carnaval, a mostra ou a demostração do quanto o ser humano é ridículo quando quer ser. Se em público já é assim, eu fico pensando como deve ser nos salões e em outros "porões" onde a folia corre solta e decididamente vale tudo.

Por outro lado, o Governo aplica milhões nessa bagunça generalizada deixando de atender os serviços essenciais, com pessoas morrendo nos corredores dos hospitais. Hoje nós temos um presidente que promete por fim a essa farra e ele já está sendo criticado por sua postura e o seu interesse em moralizar o serviço público e direcionar melhor as verbas públicas no afã de atender melhor a população. A esquerda está nervosa e promete lutar contra isto que chama de "fascismo e nazismo". Os cristãos estão no meio dessa briga, somos cidadãos de bem e torcemos para que o bem vença o mal. Que possamos alcançar um nível melhor, um atendimento melhor, principalmente na saúde, na segurança e na educação, os três pilares da Nação.

Mas o carnaval vai continuar, as escolas de samba vão sambar, se enfeitar e dançar ao som de seus sambas com letras horríveis que nada dizem e nada acrescentam à nossa cultura. A avenida vai cantar, aplaudir e vaiar, o povo vai assistir e até admirar os galanteios do Carnaval. As bizarrices não continuar, a imoralidade vai aumentar até o dia em que Jesus voltar. Um dia tudo isto vai terminar e a justiça vai imperar. "Haverá novos céus e uma nova terra onde habita a justiça" (II Pedro 3.13). As bizarrices, as discussões, os palavrões ficarão por aqui juntamente com aqueles que convivem com toda série de imoralidades provenientes do Carnaval e outras festas. O cristão autêntico e genuíno crê nisto, sobretudo porque crê na Bíblia, a Palavra de Deus. Maranata, ora vem Senhor Jesus!
Mogi Guaçu - SP
Textos publicados: 437 [ver]

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.