Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — Mais do que Notícias

“Jesus ainda está vivo”

Por Lissânder Dias

No dia 3 de janeiro de 2020, o pastor nigeriano metodista Lawan Andimi foi sequestrado em seu bairro pelo grupo terrorista Boko Haram. No dia 20 de janeiro ele foi decapitado. Em sua última mensagem, as palavras não foram de lamento, mas sim de confiança: “Jesus ainda está vivo”.

O grupo extremista muçulmano Boko Haram quer extinguir o cristianismo da Nigéria, e nos últimos anos executou dezenas de milhares de cristãos no país. O pastor Andimi era membro da Associação Cristã da Nigéria (CAN, na sigla em inglês) e era uma das vozes na entidade que buscavam uma ação mais efetiva do governo contra o Boko Haram.

Andimi faz parte de uma terrível estatística da Nigéria. Segundo a Missão Portas Abertas, esse é o segundo país mais violento para cristãos e está no décimo segundo lugar na Lista Mundial da Perseguição 2020 da Portas Abertas.

De acordo com a Lista, quase 3 mil cristãos foram mortos por causa da fé em Jesus Cristo no período de 1º de novembro de 2018 a 31 de outubro de 2019.

Imagem: A Lista Mundial da Perseguição 2020 indica que o maior nímero de cristãos mortos foi na Nigéria: 1.350 pessoas.

Leia mais:
» Lista Mundial da Perseguição 2020 aponta crescimento da hostilidade aos cristãos no mundo

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.