Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Ultimato e a Conferência do Clima, em Copenhague

Aconteceu, na segunda-feira, data do início da 15ª Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas (COP-15), em Copenhague, na Dinamarca, algo raro na mídia. Por iniciativa do jornal inglês The Guardian, 56 jornais de várias partes do mundo publicaram o mesmo editorial.

O Le Monde, na França, o Clarín, na Argentina, e dois grandes jornais no Brasil (Zero Hora e Diário Catarinense) publicaram o editorial. O texto faz um apelo aos quase duzentos líderes reunidos na Conferência do Clima, em Copenhague, para que haja decisões concretas e necessárias em favor do meio ambiente.

E, por falar em ambiente, o que os cristão têm a dizer? Há uma ética ambiental “divina” nos Evangelhos? São estas algumas das questões abordadas em Jesus e a Terra, leitura urgente nestes dias. Apenas para degustação, duas passagens da obra: “Para fazer a vontade de Deus na terra assim como é feita no céu é necessário desafiar as estruturas injustas, sejam elas políticas ou econômicas, e insistir no comércio justo e em métodos sustentáveis de produção de alimentos e combustíveis. A ligação do céu à terra requer isso.”

“O respeito pela terra e pela totalidade da criação é, ou deveria ser, a marca de qualidade da fé bíblica. Se um fio de cabelo não escapa à atenção de Deus e se um pardal não cai sem a presença do Pai bondoso, então ventos fortes e nuvens carregadas, que indicam alterações devastadoras do clima, não podem passar despercebidos a Deus ou a seu povo.”

Ultimato adere ao protesto e publica abaixo o editorial "Uma escolha para a história".


Siga-nos no Twitter!


UMA ESCOLHA PARA A HISTÓRIA

Hoje, 56 jornais de 44 países dão o passo inédito de falar com uma só voz, por meio do mesmo editorial. Tomamos essa atitude porque a humanidade enfrenta uma séria emergência.

Se não nos unirmos para tomar uma ação decisiva, as mudanças climáticas devastarão nosso planeta, acabando também com nossa prosperidade e nossa segurança. Os perigos têm se tornado evidentes há uma geração. Agora, os fatos começaram a falar por si: 11 dos últimos 14 anos foram os mais quentes já registrados, o gelo do Ártico está derretendo e a alta nos preços do petróleo e dos alimentos no ano passado é um exemplo do caos que pode estar por vir. Nas publicações científicas, a questão não é mais se os seres humanos devem levar a culpa pelo que está acontecendo, mas quão curto é o tempo que temos para reduzir os danos. Até aqui, a resposta mundial tem sido fraca e sem entusiasmo.

Leia aqui o editorial na íntegra.
É diretor editorial da Ultimato.
  • Textos publicados: 179 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.