Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Seis aspectos do martírio no Novo Testamento

Um dos temas discutidos no 3º Congresso Lausanne de Evangelização Mundial - Cape Town 2010 foi o aspecto bíblico da perseguição vivida hoje por mais de 100 milhões de cristãos. Ultimato aproveita a semana que precede o Domingo da Igreja Perseguida para publicar um texto do Movimento Lausanne a respeito do assunto.

Você pode ter acesso ao documento original aqui.


Seis aspectos do martírio no Novo Testamento
Tradução: Cláudia Alvarenga

1. Jesus é o protótipo do mártir (aspecto arquetípico)
O caminho de Jesus através do sofrimento à glória é exemplar para os seus discípulos. Estes são hoje tratados como ele foi, porque Cristo vive neles e eles falam e agem com a sua autoridade. O destino deles está unido ao de Jesus. Em muitas afirmações do Novo Testamento sobre o assunto, o sofrimento dos cristãos está profundamente enraizado no sofrimento de Cristo.

2. O mártir e os seus inimigos (aspecto antagônico)
Jesus foi rejeitado como o Messias em sua vida terrena e crucificado. Ele previu lutas e perseguição para seus seguidores, não paz. A pregação do evangelho é a razão para tanto sofrimento cristão. Espera-se que os perseguidos abençoem seus inimigos. Deus vai punir justamente os perseguidores em seu tempo. Atrás dos perseguidores estão os governantes do mundo que saem da escuridão e o adversário de Deus. Nenhum inimigo ou adversidade pode separar o cristão de Jesus.

3. A salvação do mártir e seu perseguidor (aspecto soteriológico)
A salvação está em jogo para o mártir diante da confissão ou negação. Pai, Filho e Espírito Santo, bem como os anjos de Deus confortam e ajudam o mártir. Os perseguidores endurecerão ainda mais os seus corações ou serão levados ao arrependimento através do testemunho dos mártires. O mártir pode contribuir para a salvação dos outros, mas apenas como mediador da salvação que Jesus já fez.

4. O corpo de Cristo e do mártir (aspecto eclesiológico)
O mártir pertence à comunhão do corpo de Cristo ao longo do tempo e tem muitos precursores. O corpo de Cristo em todo o mundo participa do sofrimento dos mártires de seu tempo, através da oração, informação, sofrendo com eles e se alegrando com eles, e apoiando. O martírio serve para edificar a Igreja, porque o mártir é abençoado por Deus.

5. A vitória do reino de Deus e do mártir (aspecto escatológico)
O sofrimento do mártir ocorre antes da plenitude do reino de Deus. O mártir é observado e esperado fora deste mundo. O sofrimento chega ao clímax com o passamento do velho mundo e a plenitude do novo. O cristão deve estar ligado ao mundo que vem, não ao que passará. Nada é em vão, porque os mortos ressuscitarão um dia. Deus guarda os seus discípulos e transforma o seu sofrimento em bem. Deus recompensa seus servos e os leva para estar com ele. Deus conforta os seus servos e castiga seus algozes. A vitória final de Deus não deve ser apressada, porque ele quer a salvação de muitos. Uma vez que a promessa não é cumprida de imediato, é preciso paciência para esperar.

6. Deus e a honra de cada mártir (aspecto doxológico)
Deus é honrado:
• pelo nome e a vida de suas testemunhas;
• pelo testemunho do mártir nos momentos de fraqueza e de morte;
• pela loucura do evangelho;
• pela confiança da igreja no seu reino;
• pela conversão do perseguidor.

No final, Deus será adorado até mesmo por seus inimigos. Honrar a Deus é o destino eterno dos filhos de Deus. O espírito de glória repousa sobre aqueles que sofrem por Cristo. Alguns mártires experimentam um vislumbre da glória de Deus, como Estevão. O mártir é conduzido através do sofrimento à glória e é honrado por Deus.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1133 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.