Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

O bem que a Bíblia faz

Neste domingo, dia 08, comemora-se o Dia da Bíblia. A Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) é a maior organização propagadora e incentivadora das Escrituras Sagradas no país. Leia abaixo a entrevista que Erní Walter Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da SBB concedeu ao Portal Ultimato.

Portal Ultimato - A SBB comemora neste domingo o Dia da Bíblia. Que motivos podemos ter para celebrar esta data?

Erní - Há muitos motivos. Cristãos confiam que Deus se comunica com eles. Ele nos deu sua Palavra. Ela está registrada nas páginas da Bíblia Sagrada. Com a Palavra de Deus aprendemos quem é Deus, quem somos nós e como se dá a nossa salvação. Na Palavra de Deus encontramos orientação para nossa vida. Por isso, celebrar esta Palavra é algo precioso para os cristãos. Celebrar significa agradecer a Deus por nos ter dado a sua Palavra, acolher esta Palavra em nossos corações e divulgá-la a todos.

Portal Ultimato - Por que a SBB escolheu a família como tema desta celebração?

Erní - Família é um dos temas mais discutidos em nosso tempo. No entanto, pouco se faz em favor de amparar as famílias com orientação e apoio. Ao longo da história, o ambiente familiar foi o mais utilizado para a leitura da Bíblia. Gostaríamos que as igrejas e as pessoas voltassem a ler a Bíblia com esta ênfase: o que podemos aprender na Bíblia sobre a vida em família. Neste ano, chamamos a atenção para a questão dos pais e filhos. No ano de 2014, queremos chamar a atenção para o aspecto marido e esposa. Cremos que Bíblia e família são temas muito correlatos.

Portal Ultimato - Uma pesquisa divulgada na semana passada diz que 49,2% dos estudantes brasileiros (com 15 anos de idade) conseguem, no máximo, entender a ideia geral de um texto que trate de um tema familiar ou fazer uma conexão simples entre as informações lidas e o conhecimento cotidiano. Como a Bíblia pode ajudar a melhorar esta situação?

Erní - A questão da leitura está ligada à educação em nosso país. Ser alfabetizado e entender um texto são coisas diferentes. Algumas traduções da Bíblia são muito difíceis de serem entendidas por grande parte das pessoas. Por isso, traduções mais simples ajudam o entendimento. No entanto, há outro aspecto. Como as igrejas, em geral, incentivam a leitura da Bíblia, o exercício constante da leitura faz com que as pessoas desenvolvam mais capacidade de compreensão de textos. Há, inclusive, muitos casos de adultos que buscaram ser alfabetizados para poder ler a Bíblia. A Bíblia, neste sentido, é uma grande ferramenta para o desenvolvimento da capacidade de leitura e compreensão de textos.

Portal Ultimato - O desafio de tradução da Bíblia para todas as línguas do mundo ainda é muito grande? Você é otimista quanto a esta tarefa?

Erní - Existem perto de 7 mil línguas faladas no mundo. Apenas 2.551 línguas têm pelo menos um livro da Bíblia traduzido. Só aí já vemos que o desafio é enorme. Mas há outros desafios na área de tradução. A língua de sinais tem as mesmas características de uma língua falada. Para línguas de sinais, quase não há tradução de texto bíblico. Além disso, as línguas se modificam ao longo do tempo. Traduções precisam ser atualizadas para continuarem a ser entendidas. De certa forma, podemos dizer que traduzir a Bíblia sempre vai ser uma obra inacabada. Mas é possível colocar alguns desafios concretos. Um desafio que as agências que traduzem a Bíblia no mundo colocaram para si é ter ao menos uma tradução escrita para todas as línguas existentes no mundo. Mas, mesmo este desafio, levará algumas décadas. Por outro lado, vale lembrar que com as traduções hoje existentes, praticamente 95% da população do mundo podem ser alcançados com a Bíblia.

Portal Ultimato - Alguns críticos dizem que os evangélicos já não leem a Bíblia como antes. Afirmam que os evangélicos estão se tornando “nominais”. Ao mesmo tempo, a SBB apresenta números recordes de vendas das Escrituras Sagradas. Afinal, ainda lemos a Bíblia com o mesmo afinco de antigamente?

Erní - O crescimento do número de membros nas igrejas evangélicas deve ser acompanhado pelo esforço de que todos tenham à sua disposição um exemplar da Bíblia. A Igreja Católica também está incentivando que todos os seus membros tenham a Bíblia e a leiam. A SBB não apenas produz Bíblias, mas faz um esforço enorme para incentivar a sua leitura. Eu acredito que este incentivo à leitura deve ser feito continuamente e deve ser parte integrante dos programas de educação cristã das igrejas. É difícil dizer se hoje se lê mais ou menos a Bíblia que antigamente. Não há dados objetivos para fazer a comparação.

Portal Ultimato - O diretor executivo da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), Rudi Zimmer, foi eleito presidente do recém-constituído Conselho Mundial das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU). Qual a importância deste trabalho?

Erní - A importância de organismos como as Sociedades Bíblicas Unidas se verifica pela diversidade de situações que existem no mundo. Hoje, no Brasil, a oferta de Bíblias é muito grande. No entanto, esta não é a realidade mundial. A distância entre pessoas com Bíblia e pessoas sem Bíblia no mundo é cada vez maior. Levar a Bíblia a todos os países do mundo, para que todas as pessoas tenham acesso à Palavra de Deus é um desafio enorme. Ter um brasileiro na presidência de um órgão mundial que trata desta questão é um privilégio e uma responsabilidade muito grande.

Portal Ultimato - Já estamos em dezembro. É possível fazer um balanço dos resultados da SBB neste ano?

Erní - A SBB trabalha em várias frentes. De um lado, publicamos e distribuímos Bíblias. Neste número, tudo indica que vamos superar o número alcançado no ano passado. Mas há também outras frentes de trabalho. Chamamos estas de projetos sociais de impacto bíblico. São milhões de pessoas que são alcançadas com as Escrituras por meio desses programas. Incluem-se aí programas como Luz na Amazônia, Luz no Nordeste, A Bíblia para Pessoas com Deficiência, A Bíblia nas Escolas e Fortalecer, que busca atender públicos com diferentes necessidades, entre os quais pessoas hospitalizadas, detentos e vítimas de calamidades. Aí precisamos crescer muito mais.

Portal Ultimato - Quais os planos da SBB para 2014? O que os cristãos podem esperar?

Erní - Os planos são de continuar servindo as igrejas e os cristãos com a Palavra de Deus. Um dos aspectos que estamos dando muito atenção nesse trabalho é o desenvolvimento de estratégias digitais, para utilizar mais e melhor este recurso da tecnologia para espalhar a Palavra de Deus. Certamente vamos precisar do apoio e das orações de todos os que amam a Palavra de Deus para desenvolver este trabalho.


Leia mais
Bíblias falsas, palavra verdadeira
25 livros que todo cristão deveria ler
Teologia pura e simples


Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1131 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.