Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Missão Novas Tribos lamenta caso de pornografia infantil

Warren Scott KennellEm comunicado à imprensa feito no dia 12 de setembro, a Missão Novas Tribos do Brasil (MNTB) disse que “foi surpreendida tristemente com a notícia de que seu missionário Warren Scott Kennell fora preso ao desembarcar na cidade de Orlando, EUA, sob a acusação do crime de pornografia infantil”. 

O comunicado, assinado por Sergio Botileiro, vice-presidente da missão, informou ainda que o missionário foi imediatamente desligado do rol de membros da organização, da qual fez parte por 18 anos. Sérgio ressaltou que a missão tem contribuído voluntariamente com a Polícia Federal e que, inclusive, ela própria informou às autoridades que o acusado havia deixado objetos nas dependências da organização.

O presidente da MNTB, Edward Gomes da Luz declarou no site da Missão: “estamos tristes e chocados e buscamos, diante de Deus, a sua direção e sabedoria para melhor administrar esta situação. Precisamos, urgentemente, das tuas orações para suportar esta terrível tribulação”.

A Missão Novas Tribos do Brasil existe há 60 anos e desenvolve ações missionárias entre os indígenas do país.

O que aconteceu
Warren Scott Kennell foi preso por agentes da Polícia Federal e do departamento norte-americano U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE) no dia 31 de maio. As prisões ocorreram durante a operação “Ímpio”, deflagrada pela Polícia Federal.

A ação foi realizada em Manaus (AM) e em Cruzeiro do Sul, no Estado do Acre, e teve como objetivo combater a pedofilia e repreender os crimes de divulgação e troca de materiais de cunho pornográfico infantil na Internet. Foram cumpridos 18 mandados, sendo 11 de busca e apreensão e sete de conduções coercitivas.

A operação Ímpio foi coordenada pela Delegacia de Defesa Institucional, chefiada pelo delegado Rafael Caldeira. “Fizemos algumas buscas, encontramos centenas de mídias [CDs e DVDs] contendo pornografia infantil que estavam de posse deste cidadão, por isso foi trazido até a nossa sede e está sendo indiciado”, disse.

Segundo a agência de notícias norte-americana WFTV, Kennell admitiu aos agentes federais dos Estados Unidos ter molestado crianças e produzido pornografia infantil. Com ele foram encontrados arquivos de computador contendo imagens pornográficas de crianças.

Warren Scott Kennell é professor de linguística e cresceu no Brasil. Seus pais também são missionários.

_______
Com informações do Jornal “A Crítica”.

Atualizado em 19/09/2013, às 11h13.

Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 1131 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.