Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Entidade divulga relatório sobre execução de direitos da criança e adolescente

(ADITAL) Apesar de possuir um marco legal bastante avançado no que diz respeito aos direitos da criança e do adolescente, o Brasil ainda não consegue efetivar a execução desses direitos. É o que aponta o relatório da Associação Nacional dos Centros de Defesa (Anced), que será apresentado no próximo dia 30 de março, na Câmara dos Vereadores de São Paulo.

O relatório traz uma avaliação de como o Governo Brasileiro tem implementado, na prática, as diretrizes estabelecidas pela Convenção das Nações Unidas para os Direitos da Criança e do Adolescente (CDC). Documento amplo que trata desde a saúde e educação até violência sexual, a Convenção indica como Estado e sociedade devem agir para enfrentar esses problemas. Leia mais.


Leia o que Ultimato publicou sobre o assunto
Crianças — abençoadas perturbações, ed. 303
A rotina da infância perdida, ed. 300

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.