Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Confira as mudanças da nova versão da Almeida Revista e Atualizada

Uma das traduções da Bíblia mais lida pelos cristãos brasileiros, a Almeida Revista e Atualizada (RA), passou por uma revisão realizada pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), e o resultado final, nomeado de Nova Almeida Atualizada (NAA), foi apresentado na última quarta (08).

Foram mais de 60 anos sem uma revisão mais profunda da Almeida Revista e Atualizada (RA), sendo que a recomendação das Sociedades Bíblicas Unidas (SBU), aliança mundial da qual a SBB faz parte, é de que esse esforço seja feito a cada 25 anos.

Para Vilson Scholz, consultor de Tradução da SBB e responsável pela coordenação do processo de revisão, “o maior desafio desse trabalho foi fazer com que, mesmo atualizado para o português escrito no Brasil do Século 21, o texto mantenha a sonoridade do texto de Almeida”.

O trabalho contou com a colaboração das igrejas cristãs, mais efetivamente a partir da edição experimental do Novo Testamento, Salmos e Provérbios, em 2016. “As pessoas tiveram um ano para examinar e nos dar um retorno. Recebemos com alegria muitas sugestões e pedidos que nós, na medida do possível, tratamos de acolher. E foram opiniões muito válidas, o que faz com que esse projeto de revisão seja de fato das igrejas”, destaca Scholz.

Segundo Scholz, por melhor que fosse o texto da RA, ainda era oportuno e apropriado fazer uma atualização a partir dessa revisão. “Queríamos melhorar o que já era excelente, porque a língua portuguesa mudou. Nós temos hoje muito mais consciência de que existe um jeito brasileiro de usar, escrever e falar o português”, justifica.

A versão NAA é fruto de quatro anos de trabalho e marca o início das comemorações da SBB previstas para 2018, quando serão celebrados os 70 anos da organização e o segundo Ano da Bíblia no Brasil – uma década depois do primeiro.

A SBB frisa que a Nova Almeida Atualizada é fiel aos textos originais, sendo baseada nas edições mais recentes dos textos bíblicos nas línguas originais (hebraico, aramaico e grego), tendo linguagem atualizada sem abrir mão do vocabulário e sintaxe eruditos, riqueza de estilos literários, além de legibilidade e sonoridade.


Confira a lista com algumas das principais mudanças:

- Substituição de termos que exigem consulta ao dicionário. Exemplo: “irrisão” (Jó 12.4), que aparece na ARA, foi substituído por “motivo de riso”, sem perda de significado.

- A segunda pessoa (“tu” e “vós”) foi mudada para “você” e “vocês”, a não ser em orações e nos Salmos.

- Uso da ordem de palavras que é natural em português, em vez da ordem que é natural em hebraico e grego (“respondeu a mulher” ® “a mulher respondeu”).

- Preservação dos níveis literários distintos e do estilo de diferentes escritores. O leitor poderá perceber o estilo mais popular de Marcos, a simplicidade de João, a lógica de Paulo e o estilo elevado de 1Pedro e Hebreus, entre outros.

- A poesia bíblica é tratada como poesia também na apresentação gráfica.

- Adoção, sempre que possível, de frases mais curtas.

- Unidades de peso (siclos, talentos etc.), de medida (côvados, estádios etc.) e de capacidade (efas, batos etc.) foram convertidas para pesos e medidas que são mais conhecidos e usados pelos leitores de hoje (gramas, metros, litros etc.).

- Foi incluído um sistema de referências cruzadas mais amplo, incentivando os leitores a lerem a Bíblia à luz da própria Bíblia.

- Especial atenção à apresentação gráfica, procurando priorizar os parágrafos e deixar claro onde há diálogo.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.