Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

Eu não gosto de pessoas, vou liderar quem?

A incrível forma de liderança de Cristo estava vinculada a acessibilidade.

Outro dia ouví uma frase, não me recordo o autor, portanto me perdoe, mas achei incrível:
Use as coisas e amem as pessoas, quando infelizemente meu velho e enganoso coração me dirá: Enoque use as pessoas e amem as coisas.

Sobre a acessibilidade da liderança de Cristo, bem diferente da minha, olha onde ele sempre estava:

Jesus na casa de Lázaro. (João 11.15)
Jesus na companhia de pesca de Pedro. (Lucas 5)
Jesus na praia a espera dos discípulos depois de uma noite frustante. (João 21)
Jesus no caminho de Emaús, na busca de dois desertores, creio que este é o maior desafio de um coração sem ressentimentos. (Lucas 21)

A amizade é medida e demonstrada por momentos de intimidade e aproximação como estes.

Você é um líder que vai até o ambiente da pessoa ou que só espera receber as pessoas no seu gabinete?
Quantas vezes já visitou seus liderados?
Quantas ligações conseguiu fazer nestes mais de quatro meses de quarentena?
O fato da fama, do poder, da estrutura organizacional, pode nos colocar em uma redoma de proteção onde não estaremos mais acessível.
Isto acontece em todos os ambientes, poucos CEOs tem sua porta aberta para receber seus colaboradores, independente da sua função.
E para os líderes mais audaciosos serão capazes de soltar uma pesquisa intencional, e , anônima para medir sua liderança. Há um risco eminente, mas tambem um possibilidade de fazer os ajustes necessários.
Há os que por estarem em um nível diferenciado acham que só podem receber instruções de correção do além, ou somente do próprio Deus. Um grande risco quando pensamos assim.
Sobre o desenvolvimento da liderança acessível é algo tão singular, tão especial onde fortalece o sentimento de pertencimento. Você já se perguntou por qual razão a sua liderança passa por perdas que imaginava que nunca passaria? Pode pensar e com razão,
como esta ou aquela pessoa pode me trair, me abandonar, contava tanto com ela?
Entretanto podemos exercer o raciocínio, será que eu estava tão perto a ponto de conhece-la melhor, e saber suas expectativas, ou mesmo ter sido claro em minhas expectativas para esta pessoa?
Óbvio que nosso velho coração, nos prega surpresas, e às vezes nós, os líderes não sabemos de fato o que temos como plano para nós, imagina para as pessoa que caminham conosco?
A quarentena de fato nos trouxe muitas lições, tanto de aproximação como de afastamentos.
E voltando ao texto referência, a ida de Jesus a casa de Lázaro estava rodeada de riscos que Jesus e seus discípulos estariam expostos, pois as pessoas daquela região desejava sua morte.
Liderar é correr os riscos necessários, liderar e conhecer os sofrimentos da família que caminha conosco, e principalmente se importar com suas dores.
E como líderes poderemos questionar, e as minhas dores, quem se importa?
A palavra de Deus nos apresenta a resposta: quem dá alívio, alívio receberá. (Provérbios 11.25) e bem aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericordia.

Enoque Caló.
Guarulhos - SP
Textos publicados: 64 [ver]
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.