Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

As Razões de Deus

Por que Deus não faz algumas coisas que nós pensamos que ele deveria fazer; enquanto faz outras que achamos que não deveria fazer? Por que Deus faz o que faz?

Por que, muitas vezes, Ele age de maneira totalmente diversa daquela que imaginamos e, não raras vezes, de forma estranha?

Por que razão Ele deixa para agir, quase sempre, no "último momento", quando tudo parece já estar perdido?

Deus age assim por várias razões. Dentre outras possíveis, algumas delas:

Primeira: ele conhece todas as coisas de maneira prévia, abrangente, plena, profunda e total, além do perfeito inter-relacionamento entre elas; e como elas interagem entre si;

Segunda: sabe o objetivo de cada uma delas e o bem ou o mal que cada uma, separadas ou juntas, pode provocar.

Terceira: ele é santo, justo, bom, amoroso e de caráter irretocável;

Quarta: ele é a fonte de todo o conhecimento, ciência, inteligência e sabedoria;

Quinta: ele é atemporal. Não está limitado ao tempo (Cronos, Kairós ou Aeon). Passado, presente e futuro, para ele, é realidade contínua, inseparável, indivisível, constante, ininterrupta, viva, concreta e atual;

Sexta: ele é essencialmente perfeito e perfeito em tudo o que faz;

Sétima: sabe de maneira plena e profunda o que é certo e o que é errado;

Oitava: conhece o tempo certo para cada coisa e ação, quando elas precisam ocorrer e os possíveis resultados que produzirão;

Nona: a decisão que tomar (fazer ou deixar de fazer), conforme a necessidade de cada questão, sempre será boa, perfeita, objetiva, justa e amorosa, já considerados todos os aspectos e condições favoráveis e desfavoráveis;

Décima: Ele é Soberano sobre todas as coisas e possui o controle e domínio de tudo;

Décima-primeira: Ele conhece profunda, total e perfeitamente o resultado certo, além das possíveis e impossíveis consequências de e para cada coisa ou ação;

Décima-segunda: conhece todas as coisas de forma total e perfeita, em todos os sentidos e níveis, quer espirituais, físicos e emocionais, sabendo tudo o que é falso e o que é verdadeiro;

Décima-terceira: Ele conhece e sabe total e perfeitamente a razão e a finalidade de todas as coisas;

Décima-quarta: até aquilo que não existe Ele conhece total e perfeitamente e, de acordo com o seu propósito, soberania e exclusiva prerrogativa e autoridade, quando necessário, como Criador, traz à existência qualquer coisa inexistente - Rm 4.17;

Décima-quinta: Ele costuma agir quando quem o pede para realizar algo perde todas as esperanças que possuía em outras soluções, permitindo que mostre seu cuidado e amor pelas vidas que criou;

Décima-sexta: Ele é conhecedor total, profundo e perfeitamente entendido de todas as ciências, mistérios, o visível e o oculto. Toda a inteligência e sabedoria possuem nele a sua fonte;

Décima-sétima: Ele é o Criador de tudo o que é natural e sobrenatural. Ele é quem tem o domínio de tudo e de todos e sabe com perfeição a utilidade, finalidade e destinação de cada coisa que existe, seja visível ou invisível, ate mesmo das coisas inexistentes;

Décima-oitava: possui Ele o domínio total e é quem sela o governo e o destino de todas as nações da terra;

Décima-nona: Ele é quem detém o controle de todas as áreas do conhecimento e relacionamentos humanos;

Vigésima: Deus é quem possui o domínio, a autoridade e o controle total e absoluto de todos os poderes dos infinitos universos existentes, criados pelo seu imensurável poder, e os que ainda vierem a existir;

Vigésima-primeira: toda a eternidade futura, isto é, tudo o que está por vir, Deus conhece perfeitamente de antemão. Ele tem prévio e pleno conhecimento de como vão terminar todas as coisas provisórias e como ficarão estabelecidas as de caráter eterno.

Por tudo isso, e ainda muito mais, é que ele tem absolutamente todo e qualquer direito de fazer o que bem quiser, sem se submeter à consultas ou prestação de contas a nada e a ninguém.

Por essas e outras razões, é sábio e prudente confiar em Deus e permitir que Ele indique para nós a sua perfeita vontade.

Isso porque, Ele é o único que sabe, realmente, o que faz e o faz de maneira perfeita e magistral!
Taguatinga - DF
Textos publicados: 44 [ver]
Site: http://Blogdoezio.blogspot.com
Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.