Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Palavra do leitor

A Esquerda e Direita do Rei no Brasil

A vinda de Jesus, ou seja, a vida de Jesus, é irremediavelmente e plenamente coerente com seu discurso e possui sérias e irreversíveis implicações políticas. Isto quer dizer que, independente daquilo que você, eu ou qualquer um entendamos por política, Jesus reina. Ele domina, Ele é o Senhor. O Pai lhe conferiu toda autoridade, nos céus e na terra. Ele é o Rei das nações.

Não obstante, o Cristo declarou de forma categórica e clara: "Meu reino não é deste mundo". A questão não é usar um versículo bíblico, mas está na essência do que Jesus diz. Política é importante, mas nunca será o método para implantar o Reino de Deus nesse mundo. Pela simples razão de que seu reino não é e nunca será deste mundo.

Quando oramos "venha a nós o teu reino", já será um grande sucesso se o domínio do Rei e os valores do seu Reino, como a justiça, a paz e alegria espiritual se fizerem primeiro presentes em nossos corações, no coração dos fiéis. Não se engane: "O reino de Deus não vem com aparência exterior."

Foi com essa premissa que me dei ao trabalho de escrever um protótipo de livro com o título "A Esquerda & Direita do Rei no Brasil". Que é um convite a uma discussão sadia sobre cidadania e fé.

No exercício da cidadania os valores e sonhos universais estão acima da política ou ideologias, por isso ser feliz é infinitamente melhor do que ter razão. Não obstante, quando justamente lançamos um olhar para o paradigma universal do Messias Israelita, que se humilhou, sendo Deus e Rei. Assumindo posição hierárquica mais inferior, para depois ser exaltado. Podemos perceber que Ele possui assentos à sua direita e esquerda que significam posições de honra, mas também de serviço.

Trechos do Sermão do Monte apontam para uma atitude pacífica na luta por cidadania. O serviço está no exemplo de caráter e vida, regidos pelo amor. O resultado pode ser observado de forma prática quando olhamos mais de perto a justiça social na igreja primitiva, o que permanece como ideal a ser sempre perseguido.

Uma breve análise da difícil dicotomia entre esquerda e direita à luz da política brasileira, nos faz perceber que ter razão também é importante. Basta olharmos os recentes episódios de Dilma e Bolsonaro, com toda a relatividade de suas narrativas. O difícil emaranhado que se forma só é passível de ser solucionado no campo pessoal do coração individual de cada ser humano. No seu relacionamento pessoal com o Rei e Senhor Jesus. Nisso, o Cristo se diferencia diametralmente de todo líder político meramente humano. Jesus é Deus e assume o senhorio completo, não somente da vida pessoal de cada um de nós, em nosso íntimo, mas também o total e soberano controle de toda história humana, de todo universo. Essa também é a razão porque a fé, e só a fé, pode salvar. Uma vez que você com seu coração crê que Deus O ressuscitou dentre os mortos e O confessou como Senhor da forma mais sincera, ainda que imperfeita, que você pode, Ele vem e toma conta de você, para todo sempre. Por que sobre o resto Ele já domina, de uma ou de outra forma. Quem não crê, já está condenado. A questão não é ideológica, mas cósmica espiritual.

Por isso ao vermos tanta injustiça no âmbito político social, do Brasil e de todo o mundo, ficamos indignados. Não somos tomados de ódio, mas por uma simples e pura indignação. Assim, faz-se necessário um método para mantermo-nos autênticos e bem posicionados nesse caminhar como cidadãos. Uma fórmula para sermos felizes e mantermos a razão simultaneamente!

Existem várias fórmulas e vários métodos, mas em sua essência elas se baseiam na antiga prática do permanecer. Permanecer naquela Palavra específica que nosso Senhor nos confere. Permanecer em sua santa presença, em Sua comunhão. Não nos deixarmos abalar pelas difíceis e contrárias circunstâncias; e nos alegramos verdadeiramente nas promessas gloriosas que Ele nos confere.
Fürth/ Alemanha - EX
Textos publicados: 209 [ver]
Site: http://teologia-livre.blogspot.de/

Os artigos e comentários publicados na seção Palavra do Leitor são de única e exclusiva responsabilidade
dos seus autores e não representam a opinião da Editora ULTIMATO.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.