Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — --

A igreja pode e deve contribuir para a reversão da homossexualidade



Não agora, mas, em abril de 2000, o Colégio Episcopal da Igreja Metodista do Brasil ofereceu três orientações pastorais aos seus membros no que tange à relação da igreja com a homossexualidade.


Primeira -- Sob hipótese alguma devemos ter uma atitude preconceituosa e discriminatória em relação aos homossexuais. São pessoas carentes de respeito e amor.

Segunda -- Não devemos considerar os homossexuais mais pecadores do que alguns que estão dentro da igreja, que são mentirosos, maldizentes, injustos, como bem classificou o apóstolo Paulo (1Co 6.9-10). A igreja tem a tendência de considerar o adúltero um pecador mais aceitável do que um homossexual.

Terceira -- Por outro lado, não devemos deixar de dizer ao pecador, seja ele homossexual ou não, que “o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6.23), abordando a graça de Deus para com todos os pecadores. A homossexualidade é, em muitos casos, uma tendência de ordem orgânica e/ou emocional, e como tal deve ser considerada. A igreja pode e deve contribuir para a reversão desta tendência da homossexualidade, por ser ela contrária ao padrão bíblico cristão da moral.

(Fonte: “Expositor Cristão”, maio de 2013, p. 7)

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.