Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Quem é grato no sofrimento?

Por Paulo Brito

Deus teve muitos filhos. Só um não pecou. Mas todos sem exceção sofreram. O sofrimento é universal!

A formatura do sofrimento é a morte. Não há morte sem doença, não há doença sem patologia, não há patologia sem agressão, não há agressão sem sofrimento.

Mas minha gente, como é difícil ser grato no sofrimento! A gente quer ser grato nas bênçãos, nas vitórias, nos sucessos.

O sofrimento em nossas cabeças entra como provação, período de tristeza, de perdas. Assim não nos parece lógico, à primeira vista, nos sentirmos gratos no sofrer.

Devemos lembrar que cristianismo não é masoquismo. O evangelho não nos ensina a desejar o sofrimento. Não somos gratos PELO sofrimento. Jesus só nos adverte que teremos aflições. Mas devemos ter bom ânimo! O sofrimento vai passar! Crer assim é combustível para a esperança!

Só é grato no sofrimento, quem conhece a Deus, seu caráter, sua soberania e seu amor. Portanto, quem não tem intimidade com Jesus, não pode ser grato no sofrimento. Aliás, ser grato no sofrimento soa ridículo para quem ainda não nasceu do “alto”.

Somos gratos, não pelo sofrimento, mas porque ainda que andemos pelo vale da sombra e da morte”, sabemos que o Senhor esta conosco! Sua vara e Seu cajado nos consolam. Somos gratos pela companhia do consolador. Sua promessa é que estaria conosco todos os dias.

Esta é a fé que nos sustenta. A fé que nos faz ver além da montanha. Ninguém esta preparado para o dia mal. Mas podemos nos abastecer nos “dias bons”.

Abastecendo nossa fé, ocupando nossos pensamentos com a certeza da Sua presença. Pequeninos peregrinos da vida de mãos dadas com o Rei do Universo! Que companhia maravilhosa! Com Ele ao nosso lado vamos superar o sofrimento tendo como bálsamo a gratidão!

• Paulo Brito é médico, músico e pastor presidente da Igreja Missionária Maranata. Pastoreia no bairro da Tijuca, no Rio de Janeiro (RJ).

Leia Mais
A gratidão cura e evita doenças
Lamento: a fé em meio ao sofrimento e à morte
Existem dois tipos de pessoas: as que agradecem e as ingratas

Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.