Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias — --

Um silêncio retumbante!

Por Reinaldo Percinoto

A Congregação Pequena Missão para Surdos existe há mais de 160 anos. Começou na Itália, por meio do ministério do padre José Gualandi, que percebeu a dura realidade de vida das pessoas surdas, marcada por privações e exclusão social.

Os primeiros padres da congregação chegaram ao Brasil em 1985, estabelecendo-se em Londrina, PR. Inicialmente, as missas eram celebradas em uma garagem.

Em 2012 surgiram as primeiras inciativas para o desenvolvimento de uma estrutura que atendesse às necessidades dos surdos; algo pensado com eles e para eles. Primeiro foi construído um pequeno oratório, para orações pessoais. Depois veio a construção da primeira igreja católica para surdos no mundo, projetada levando em consideração alguns diferenciais adequados à pessoa surda, como iluminação especial para destacar locais de atenção e chão vibratório, que permite que os surdos percebam os ritmos musicais.

O esforço para inclusão dos surdos tem como consequência sua participação efetiva em todas as dinâmicas da vida comunitária, e os participantes ouvintes também são impactados pelo testemunho da multiforme graça de Deus.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.