Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Carta ao Leitor

Desigualdade e testemunho da Igreja

“Desigualdade global está fora de controle, diz estudo”; “Meio ambiente e desigualdade social são os principais assuntos do Fórum Econômico Mundial em Davos”; e “Bilionários do mundo têm mais riqueza do que 4,6 bilhões de pessoas”. Estas são algumas das manchetes publicadas no Brasil em diferentes meios durante a quinquagésima edição do Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, de 20 a 24 de janeiro de 2020.

Às vésperas do Fórum, a OXFAM Internacional – organização que atua em mais de 90 países na busca de soluções para o problema da pobreza, da desigualdade e da injustiça – divulgou números que envergonham: 2 mil pessoas no mundo têm a mesma riqueza de cerca de 4 bilhões de pessoas e 22 homens no mundo têm uma riqueza equivalente à de todas as mulheres que vivem na África.

O Brasil está entre os países mais desiguais do mundo. “A agressiva desigualdade entre indivíduos no Brasil continua nos encabulando nos foros internacionais”, escreveu o economista Paulo Rabello de Castro no artigo Como explicar tanta desigualdade no Brasil (Estado de Minas, 24/01/2020).

De 2018 para 2019, o país ganhou 42 mil novos milionários. E, depois dos Estados Unidos, foi no Brasil onde mais cresceu o grupo de “ultra milionários”, aqueles com riqueza acima de 50 milhões de dólares. Foram 860 novos membros.

E aí? Que temos nós – a Igreja de Cristo – a ver com a desigualdade no Brasil, situação tão recorrentemente presente? Ultimato acredita que não é possível a nós, discípulos de Cristo, aceitar que tenha de ser assim. A matéria de capa desta edição é um convite para falar e agir no combate à desigualdade social – como testemunho da nossa fé. Mas antes é preciso ouvir o que a Bíblia e autores cristãos falam sobre o assunto.

A capa, que retrata vista aérea da divisa da favela da Rocinha ao lado de prédios residenciais de alto padrão, no Rio de Janeiro, foi escolhida com a ajuda de assinantes e de seguidores de Ultimato nas redes sociais.

Como contraponto, temos a alegria de publicar uma reportagem sobre o envolvimento de igrejas e organizações no louvável esforço para que crianças e adolescentes sem lar no Brasil sejam acolhidos e experimentem a verdade de que o Senhor “dá uma família aos que vivem sós” (Sl 68.6, NVT).

Boa leitura!

• Klênia Fassoni

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.