Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Ultimatoonline

Ultimatoonline

Novidades, links e oportunidades no Portal Ultimato

Para ler e saber mais do conteúdo abaixo, acesse aqui.

500 ANOS DEPOIS, AS DIFERENÇAS NÃO DEFINEM MAIS CATÓLICOS E PROTESTANTES

Os principais postulados da Reforma Protestante e algumas diferenças históricas não dividem mais os cristãos como há quinhentos anos. Ao celebrar o quingentésimo aniversário da Reforma, as declarações sola gratia, solus Christus, sola fide e sola Scriptura parecem ameaçadas pela secularização, pela indiferença ou desconhecimento tanto de católicos como de protestantes. Pelo menos é o que dizem algumas das mais recentes pesquisas do Pew Research Center, conduzidas na Europa e nos Estados Unidos.

Mais iguais versus mais diferentes
O quadro abaixo poderia chocar não apenas os cristãos dos séculos passados, mas até mesmo famílias do interior de Minas Gerais algumas décadas atrás. Para católicos e protestantes da Europa e dos Estados Unidos, existem mais semelhanças do que diferenças entre os dois grupos.



As solas da Reforma: sola fide e sola Scriptura
Enquanto os católicos norte-americanos permanecem alinhados com o ensino e as tradições da igreja, a redescoberta da autoridade das Escrituras (sola Scriptura) e da fé salvadora (sola fide) ainda divide os protestantes.




QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.