Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Cartas

Cartas

Excepcionalmente, nesta edição, deixamos de publicar mensagens dos leitores sobre a revista, livros e o portal para publicar uma seleção de trechos das centenas de mensagens deixadas no “Livro de Visitas” do Portal Ultimato a propósito do falecimento do pastor Elben César. Por falta de espaço, nos obrigamos a recortar e eliminar trechos belíssimos de lamento, gratidão e esperança deixados pelos leitores.

 

Um homem de Deus. Simples e amado. Um profeta de nossa época. Até breve, Mineiro com Cara de Matuto. Flávio Machado

 

Elben era alguém que conseguia transitar no universo acadêmico, devocional, eclesiológico e teológico sem deixar ranhuras, manchas, e sim uma profunda percepção sobre a verdade do evangelho, aliada a uma piedade simples, mas profunda. Alek Sandro

 

 

Fui por muitos dias pastoreado, mesmo à distância, por este pastor e por sua Ultimato. Desde jovem até agora, aos 53 anos, e continuarei a sê-lo. Elben foi, entre outras coisas, um verdadeiro pastor de pastores. Gildasio Vasconcelos

 

 

Seus escritos continuarão a ministrar a muitas gerações, com a preciosa palavra do Senhor. Que Ultimato continue o legado desse homem de Deus. Salim Amed Ali

 

 

A vida e a obra do pastor Elben foram instrumentos nas mãos do Senhor para nos fazer repensar erros, corrigir direções, aplainar caminhos. Fizeram-nos ajoelhar de arrependimento, exultar de alegria pela salvação e glorificar ao Deus que nos olhou com graça. Meu Deus, que falta ele nos fará! Sergio La Luna

 

 

Eu o chamava de “doce pastor de almas”, um servo bom e fiel! Colaborou comigo na Bíblia Missionária de Estudo, com os comentários dos livros de Oseias a Malaquias. Jamierson Oliveira

 

 

Que inspiração e simplicidade! Deixa uma lacuna. Tenho ótimas lembranças de suas aulas sobre práticas devocionais, sua amizade e seu entusiasmo pela obra do reino.  Billy Lane

 

 

O nosso Mineiro com Cara de Matuto fez sua última viagem nesta madrugada para a casa do Pai, nosso verdadeiro e eterno lar. Posso imaginá-lo fazendo entrevistas, agora ao vivo, com Lutero, Calvino, Simonton, e estarão na fila o apóstolo Paulo, Maria, Pedro, Ana, Daniel, Moisés, Noé... Marcia Barbutti

 

 

Eu orei pela recuperação dele, pois precisávamos muito dele como pastor, como cristão, no meio do povo protestante em nosso país. O legado que o reverendo Elben deixou vai persistir especialmente por meio dos seus escritos. Lucy F. de Almeida Pezzolo

 

O pastor Elben foi um grande exemplo de homem de visão, criatividade e serviço para o reino de Deus. Teremos muitas saudades. Gabrielle Greggersen

 

A gente pode dizer isto de poucos: “carta viva de Cristo”. Usei e uso seus escritos em meu consultório, com meus pacientes, há anos. Palavras certeiras quando não sei mais como me expressar. Jane Alves da Silva

 

Morreu o C. S. Lewis do Brasil! Ganho para ele, grande perda para nós! Que o Senhor conforte a família e, para nós, levante outro que possa nos alegrar e edificar com sua prosa criativa, divertida, edificante e sempre cristocêntrica. Barbara Burns

 

Em nome de todos os salvacionistas do Brasil, apresentamos nossos sinceros sentimentos à família, louvando a Deus pela vida dedicada e ministério do pastor Elben. Como falamos no Exército de Salvação, ele foi “promovido à glória”! Marcio Mendes e Oscar Sanchez

 

Não conheci pessoalmente o pastor Elben César, mas li muitos textos escritos por ele e o admirava por sua sensibilidade, simplicidade, dedicação a Deus, amor à Bíblia e o desejo de edificar a igreja. Marcos De Benedicto

 

Meu consolo é saber que ainda tenho todos os exemplares de Ultimato e que, quando bater aquela saudade, posso me refugiar no silêncio de minha biblioteca e reler seus artigos, como sempre fazia ao chegar a revista -- ia correndo provar de cada palavra publicada por este grande e sábio homem. Adriana Oliveira

 

Homem de Deus. Esse fará muita falta. Era uma enciclopédia viva, de Bíblia e de história. Tinha uma visão de reino de Deus, e não de denominação. Ainda bem que deixou a nova geração Ultimato bem preparada para continuar. João de Souza Filho

 

Entre os “homens dos quais o mundo não era digno”, o reverendo Elben nos deixa com mais saudade do céu. Wadislau Martins Gomes

 

Elben foi um discípulo radical do Senhor Jesus e com isso nos encorajou a seguir o Mestre mais de perto. Ele está na casa do Pai, no esplendor de Deus, sobre o qual ele tanto escreveu e nos ensinou. Ronaldo Lidório

 

Tenho uma grata lembrança dele quando o conheci por ocasião do aniversário de 40 anos de Ultimato e cantamos uma música do Sal da Terra -- “Que lugar bonito, é pra lá que eu vou”. Com certeza ele já esta lá. Severino (Bill Crente)

 

Há mais de vinte anos, ainda na minha adolescência, li o livro do pastor Elben Desça do Elevador, que ajudou a moldar meu caráter. A revista e os livros da Editora Ultimato influenciaram o nosso país e os ministérios de que faço parte. Weslley Kendrick Silva

 

 

Acompanhava de longe a longa trajetória ministerial deste gigante da fé. Ultimato é um primor que a nós tanto edifica, fruto do ideal de um homem fora do seu tempo. Cansado de viver no mundo da canseira e do enfado, voltou para a sua Pátria, a celestial. Luciano Roberto

 

Conheci o pastor Elben em março de 2016, na sede da Editora Ultimato, a fim de entrevistá-lo pro meu trabalho de conclusão de curso da faculdade. Que o “trabalho no Senhor” iniciado por ele se fortaleça a cada dia mais. Tathiana Oliveira

 

Somos assinantes de Ultimato desde o seu primeiro número! Leitura agradável, instrutiva e edificante. Creio que a família do pastor Elben, inspirada por ele, grande jornalista da fé, vai continuar esta obra. No momento só podemos pedir que o bom Deus enxugue todas as lágrimas e preencha o vazio com felizes recordações. Paulo e Márcia Severino da Silva

 

Em 1981, ainda garotão, com vinte e poucos anos, trabalhei numa dessas organizações evangélicas que se instalavam naquela galeria da 24 de Maio. Lembro-me bem dele com sua máquina fotográfica Olimpus em uma das mãos e um gravador na outra, perguntando se naquele mês eu não iria anunciar na revista Ultimato. Eu dizia: “Pastor, nós não temos dinheiro!”. E ele, sorrindo com aquele sotaque mineiro, dizia: “Meu irmão, eu faço seu anúncio e vocês pagam quando e como puderem; venho buscar a arte amanhã”. Ele entrevistava, escrevia as matérias, vendia anúncios, cobrava etc. Parceiro, amigo e de verdade pastor, aprendi muito com esse Mineiro com Cara de Matuto. J. Grillo

 

Um dos momentos mais aguardados durante a minha vida em Viçosa era a expedição de Ultimato. O brilho nos olhos do Reve a cada edição que chegava era algo que nos ensinava a viver. Colar etiquetas para enviar a revista aos assinantes, na sede antiga na casa dele, com cafezinho e bolo da tia Deja... inesquecível. Gleuter

 

Chorei, lamentei porque eu amava seu trabalho e gostava de ler seus textos. Chorei porque de certa forma ele é insubstituível! Fará muita falta no mundo evangélico. “De hoje em diante”, sentirei sua falta. Maurício Manoel da Silva

 

O céu anda movimentado esses dias. Muita gente boa partindo, Deus chamando seus servos para a eternidade. Como será o encontro dessa turma toda por lá?! De qualquer forma, a dor da saudade é sempre grande, pois não era pra ser assim. Morte e separação. Graças a Deus pela vida do reverendo Elben, por quem ele foi e pelo que realizou. Cassiano Luz

 

 

Acredito que agora ele já esteja fazendo refeições diárias com Jesus, os discípulos etc. Grande homem. Deixa grande legado escrito e em nossos corações. Adriano de Moraes

 

 

Das muitas recordações que trago do Reve, esta me salta à memória: com a edição 291 de Ultimato em mãos, sendo todas as matérias de capa até então da sua autoria, lhe perguntei na varanda da sua casa: “De onde vem tanta inspiração?”. “Das minhas leituras bíblicas devocionais”, respondeu ele de imediato. “E vou lhe contar um segredo: a fonte ainda não secou, ouviu?”. Há poucos meses, creio que já com seus 86 anos de idade, ele nos enviou uma mensagem com planos de visitar trabalhos missionários entre indígenas da Amazônia. Cácio Silva

 

 

O Senhor levou para junto de si o nosso querido Reve. Homem piedoso de Deus, “pai” da revista Ultimato. Tivemos a honra de tê-lo em nossa casa em Curitiba. Oramos e jantamos juntos; que noite mais linda. De sobremesa, Patricia Calze serviu sorvete de baunilha; o Reve sorriu e agradeceu. Daniel Calze

 

 

O pastor Elben nos casou. Marcou a nossa vida. Seu encorajamento nos animou em Moçambique. Foi uma caminhada juntos de 32 anos, embora estejamos em outras partes de mundo. Nic e Nerida

 

 

Tudo tem seu tempo. 86 anos! E o melhor de os ter vivido foi o modo como o já saudoso Elben fez. Sigamos estas pisadas, por Cristo Rei. Pio da Cruz

 

 

Conheci pessoalmente o pastor Elben César aqui nos cafundós da China em uma das viagens do Mineiro com Cara de Matuto. Contei-lhe que lia Ultimato desde 1982, e foi daí que tive contato com o mundo missionário. Um dia também me tornei missionário e por onde ando sempre carrego comigo alguns exemplares de Ultimato. José Moreira Alves

 

 

O reverendo Elben teve a graça de unir os segmentos da igreja brasileira ao redor de suas publicações. Suas crônicas, suas mensagens e sua expressão de vida transbordavam um amor cristão tão sincero e tão contagiante que ele se tornou um mentor de grandes e pequenos líderes. Um referencial de vida, que se gastou na edificação da Igreja e na expansão do reino de Deus. Durvalina Bezerra

 

 

Em 1968, menino ainda, eu já era leitor assíduo dos primeiros números do jornal Ultimato e apreciava o seu conteúdo. Posteriormente, “devorei” a revista e muitos livros da Editora Ultimato. Em 2005, por ocasião do Encontro da Consciência Cristã, realizado em Campina Grande, PB, onde moro, o conheci pessoalmente. Admirava a sua criatividade jornalística e o seu ardor missionário. Júlio Leitão de Melo Neto

 

 

Desde a década de 1960, admirava a revista Ultimato -- e, por meio dela, seu fundador, o ilustre jornalista Elben Lenz César -- por ser uma publicação cristocêntrica, honesta e interessante. Elben foi um dos intelectuais evangélicos que eu mais quis imitar, por sua fé e retidão. Rolando de Nassau

 

 

Inimigo de holofotes, aplausos e confetes, cargos, viagens autopromocionais e títulos, tão em moda nos nossos tempos, o Mineiro com Cara de Matuto era humilde e, como me disse uma vez, clamava a Deus que nunca o deixasse ter orgulho daquilo que escrevia e pregava. Sou grata ao Senhor pela sua vida. Ester Penteado Cunha de Freitas

 

 

Que tristeza… Perdemos um grande e dedicado servo de Deus; contudo, já goza da presença do nosso Senhor. Mauro Terrengui

 

 

Quero expressar, por mim e minha esposa, e todos os Bacon, a nossa extrema tristeza e pesar, na passagem do reverendo Elben. A sua figura, tão vigorosa, cheia de serviço e atividade pelo seu Senhor, é difícil crer que não está conosco mais. Henry Bacon

 

 

Chegou em casa. Aos outros peregrinos que encontrou nesta viagem de 86 anos repartiu em abundância o amor do seu Pai, ensino, cuidado, bondade, encorajamento -- Cristo. Um pai, pastor, amigo. Muita saudade. Doces memórias. Glória a Deus! Bernadete Ribeiro

 

 

Louvamos a Deus pela vida do pastor Elben. Por meio dos seus escritos e ações, representava bem a comunidade evangélica no Brasil. Era homem simples no seu andar, mas de profunda experiência com seu Senhor e Mestre. Não esquecemos o grande privilégio de participar na comemoração de 40 anos da revista Ultimato e ver quase todos os articulistas presentes. Pastor Elben era amado por todos. Editora Cristã Evangélica

 

 

Meu coração está doendo de tristeza por esta perda. Grande homem, exemplo de cristão, o reverendo Elben era um grande amigo da minha família. Realizou o casamento de quase todos os meus irmãos e o meu. Não poderia ser outra pessoa. Solange

 

 

Ele foi grande amigo de meu pai, reverendo Raimundo Nunes dos Santos, que se lembra da época em que o reverendo Elben viajava de lambreta para fazer a obra do Senhor. Flavio Ricardo Melo e Santos

 

 

Sou grata, ó Deus, por teres nos emprestado teu formoso filho Reve, que por meio da tua misericórdia, sustento, graça e bondade, transbordou incansavelmente, com ações e palavras, doses generosas da tua essência: o amor. Luiza Baptista

 

 

Elben nunca perdeu de vista que a mensagem dos Evangelhos é mais importante que nossas diferenças denominacionais. Sua propensão natural foi sempre pela tolerância, pela inclusão, pelo respeito a opiniões divergentes. Costumava dar o benefício da dúvida àqueles escritores que ensaiavam novas perspectivas. Incluía com alegria, excluía com tristeza. Imitou a Cristo, e para o cristão verdadeiro, não há aspiração maior. Mark Carpenter

 

 

Tombou um príncipe de Israel! O céu está em festa! Aleluia! Marcos Vieira

 

 

Que bom que pude conhecê-lo. Todos os que já foram à Editora Ultimato e foram recebidos por ele, em volta daquela mesa bem mineira, jamais esquecerão. Mariângela Guajará

 

 

Em nome da Fundação Cristiano Varella, agradecemos a Deus pela vida do reverendo Elben. Em 2014 fomos visitados pelo gentil, curioso e inteligente reverendo, que ficou hospedado em nossa Casa de Apoio para conhecer de perto a realidade dos pacientes em tratamento contra o câncer. A edição de Ultimato daquele mês muito engrandeceu nosso trabalho.

Kátia de Souza Moreira

 

 

O dia ficou cinzento quando eu soube da morte do reverendo Elben. Eu o conheci num encontro da Associação de Missões Transculturais Brasileiras e depois vivi dias inesquecíveis quando fazia mestrado em missiologia no Centro Evangélico de Missões, em Viçosa, na década de 1990. As suas aulas de práticas devocionais marcaram a minha vida. Ele foi um gigante, vulto destacado no meio cristão, mas de uma simplicidade e humildade admiráveis. O justo será tido em memória eterna (Sl 112.5). Mathias Quintela de Souza

 

 

O culto fúnebre, em Viçosa, foi marcado por uma estranha e paradoxal mescla de profunda tristeza e profunda paz. Choro e coração leve ao mesmo tempo. Alegria e gratidão pela vida do Reve. Ele foi um vitorioso. Vida longa, viu os filhos das filhas e os filhos dos filhos das filhas. Sua contribuição para o evangelicalismo brasileiro dificilmente poderá ser exagerada. Elben, de certa forma, era um homem como qualquer outro. Ao mesmo tempo, era diferente de todos. Era de verdade um santo homem de Deus. Abençoou a todos que tiveram a alegria de cruzar o seu caminho. Carlos Caldas

 

 

Morte: traiçoeira, machucante, enganosa, ardilosa, peçonhenta e fulminante. Olhou, escolheu, levou. Lá se foi o reverendo Elben. Escolheu a dedo, porque, em última instância, grande inimiga de Deus, grande inimiga dos cristãos, é serva submissa e resignada do Autor da vida. Glórias a Deus. Lá se foi um belo guerreiro, retornando, depois de muitas e muitas batalhas na vida, para seu lar, para sempre, sempre e sempre. Viva a vitória eterna de Cristo, o Cordeiro de Deus que é o Leão da Tribo de Judá. Até breve ao nosso amado irmão Elben, feliz precursor nas descobertas eternas. Claudio Ernani Ebert

 

 

Quero unir-me ao agradecimento que todos nós devemos elevar a Deus pelo dom precioso dessa vida tão bem vivida a serviço do evangelho. Pessoalmente, desde que conheci Ultimato e seu redator, impressionou-me positivamente seu ecumenismo sincero, franco, respeitoso. Quanto bem essa revista deve ter feito em todo o país, nas várias denominações cristãs, nas prisões, enfim, onde quer que tenha chegado. Mais uma vez, Deus seja louvado por tudo, e bendita seja a memória de seu servo! Ney Brasil Pereira

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.