Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa

Uma pedra de granito no alicerce para prevenir desabamentos

Talvez a mais solene das profecias messiânicas de Isaías seja esta: “[Porque] vocês estão confiando em mentiras e pensam que a desonestidade os protegerá [da terrível desgraça], o Senhor Deus diz: ‘Estou colocando em Sião uma pedra, uma pedra preciosa que eu escolhi, para ser a pedra principal do alicerce’. Nela está escrito isto: ‘Quem tem fé não tem medo’” (Is 28.16).
 
A pedra à qual o texto se refere não é qualquer pedra. As diferentes versões usam uma grande quantidade de sinônimos e dizem que se trata de uma pedra angular, básica, escolhida, estabelecida, experimentada, firme, fundamental, preciosa, principal, provada, segura, sólida, testada e valiosa. É uma pedra de granito (BJ), um bloco escolhido (EPC), “uma pedra para ser a principal pedra do alicerce firme e precioso sobre o qual se pode construir em segurança” (NBV), uma pedra “para alicerce seguro” (NVI).
 
Em qualquer tempo, lugar e circunstância, quem levar essa pedra a sério, quem nela crer, nela confiar, nela se apoiar, jamais terá medo, será abalado, ficará desiludido ou vacilará. Porém, quem não conhecer ou levar em consideração esse bloco de granito, verá implacavelmente o deslizamento, o desmoronamento, a destruição de toda esperança, de todo o conteúdo da fé religiosa. É por isso que essa pedra é também chamada “pedra de tropeço” (Is 8.14; Rm 9.32; 1Pe 2.8). Ela pode nos fazer tropeçar ou mesmo cair na escalada da salvação, sem que haja possibilidade de retrocesso.
 
Resta saber quem é a pedra angular, a primeira pedra, a pedra de absoluta confiança que sustenta todo o edifício da salvação. A resposta é óbvia: “A pedra fundamental desse edifício [a igreja] é o próprio Jesus Cristo” (Ef 2.20).
 
Pedro estava absolutamente certo disso quando, cheio do Espírito Santo, declarou ao Sinédrio judaico: “Jesus é aquele de quem as Escrituras Sagradas dizem: ‘A pedra que vocês, os construtores, rejeitaram veio a ser a mais importante de todas’, [pois] a salvação só pode ser conseguida por meio dele” (At 4.11-12).
 
Em vez de ser a tremenda pedra de salvação, Jesus pode ser a tremenda pedra de tropeço para os descrentes, os de dura cerviz, os guias religiosos vazios e irresponsáveis, os teólogos liberais, os reencarnacionistas e os cristãos apenas de nome.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.