Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Graça para ser discípulo

Ser discípulo de Jesus é uma grande oportunidade, é um favor oferecido graciosamente por Deus. É Deus que em Cristo nos chama para ser discípulos. Discipulado começa com o chamado para o seguimento de Jesus. A iniciativa é divina. Deus, por meio do cajado da pregação, do anúncio e proclamação do Evangelho, está reunindo o seu povo. E é Deus que elabora, cria, desenvolve e exemplifica em Jesus o projeto e o estilo de vida de um discípulo.

Infelizmente, alguns olham para o discipulado como Lei e não como Graça. Interpretam as exigências e as condições para ser discípulo como pré- requisitos para ser aceito e aprovado por Deus. Pensam que ser seguidor de Jesus tem relação com esforço próprio, sacrifício e autodeterminação. Distraídos, esquecem a moldura maior, o quadro todo, do chamamento ao discipulado.

Imagine, por um momento apenas, o que seria o mundo e a existência humana sem a opção de ser seguidor pessoal de Jesus de Nazaré! Quais as perspectivas e possibilidades de vida? Seguir aos mestres religiosos que falam do mérito próprio, do cultivo de virtudes, das tradições e preceitos humanos, que cobram obras e atos ritualíscos para encontrar, no fim, uma divindade fria e impessoal? Ou um modo de vida não religioso (secularizado) que segue o deus Mercado, o consumo, o prazer, o próprio ego e, inerte, segue o individualismo crescente, a ponto de já não se importar com o que ocorre à volta?

A possibilidade de ser discípulo de Jesus, nesse mundo como ele existe agora, é uma enorme oportunidade da Graça. É um favor amorosamente concedido por Deus poder viver de um modo alternativo, diferenciado por causa da identificação e seguimento de Jesus Cristo.

E mais do que a oportunidade de andar em novidade de vida em meio a um mundo marcado pela cultura da morte: o Deus que nos chama a realizar é também o Deus que nos capacita. Ou seja, Deus, em Cristo, não apenas caracteriza, indica e chama para um estilo de vida especial, segundo os propósitos e planos divinos, mas Deus mesmo, pelo seu Espírito nos capacita a vivenciar e experimentar o seguimento de Jesus.

Nunca foi cogitado pelo Conselho Divino que um discípulo fosse ou pudesse ser seguidor com base na determinação e esforço pessoal. Toda a Escritura revela que é impossível ao humano agradar ao divino com base na força própria. Por isso, Deus nos dá poder espiritual gratuitamente por meio do seu Espírito para que possamos responder ao chamado para ser seguidor, para ser discípulo de Jesus de Nazaré.

A casa de força, a usina de energia espiritual, não deriva do ser humano, mas vem do próprio Deus, que, em Cristo, nos ensina como devemos viver e, no Espírito, nos capacita a viver segundo o modelo que observamos em Jesus.

Jesus graciosamente não apenas nos revela o coração amoroso e salvador de Deus Pai, mas também revela um estilo de vida que é pleno; Jesus revela o “Humano Perfeito”, ele descortina ante os nossos olhos o que é uma vida uma real e cheia de alegria e satisfação verdadeira.

Maravilhoso é que Jesus nos mostra a vida ideal, e pela sua Graça sem fim, nos dá condições de sair da escravidão de nós mesmos, da micro agenda do ego, do fluxo desse mundo agarrado a bens materiais e naquilo que é daqui e de agora. Seria terrível um Salvador que apenas mostrasse um ideal inalcançável (seria diabólico, satânico) e não nos salvasse de nós mesmo e da correnteza mundana.

Graças a Deus por Jesus Cristo, que morre pelos nossos pecados e que ressuscita para que possamos andar em novidade de vida, como dádiva da sua Graça, e não do nosso esforço.

Christian Gillis é casado com Juliana é pai de 3 filhos. Pastor na Igreja Batista da Redenção, em Belo Horizonte (MG), é membro do Conselho Gestor da Aliança Evangélica. Twitter: @prgillis

Foto: Alexandre Almeida

Leia também
Lembre-se sempre de Jesus 
Ser é o bastante 
O Discípulo Radical

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.