Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Prateleira

Família: tão divina, tão humana

Família: um mistério transcendente, mas ao mesmo tempo tão humano. Vem de Deus a ideia, mas se faz e refaz nas profundas relações entre as pessoas, ligadas não apenas por escolhas pessoais, mas por “laços sanguíneos e de aliança” (diz o Dicionário Aurélio).

Nunca a ideia de família foi tão atacada, tão modificada, tão submetida a compreensões diferentes. O que era um “porto seguro” agora é uma arena de debates. O que poderia ser um sinal de alento em um mundo malvado se transforma em espaço de tensões cada vez maiores. O que seria um lugar de boas lembranças do passado, dos parentes que já se foram, agora parece preservar bem pouco e tradição virou sinônimo de ultrapassado.

Família deixou de ser uma casa para se tornar uma bandeira política. Não são poucos os que a usam como estratégia de marketing político. O que parece ser uma defesa honesta da moral muitas vezes não passa de oportunismo para justificar outras bandeiras não tão legítimas assim. Da mesma forma, não é difícil ver defesas em favor de um “outro conceito de família”. Como se ampliá-la, sob o risco de pulverizá-la, fosse a saída para resolver outras questões sociais. Alhos não são bugalhos, vale lembrar.

Ultimato acredita que há um fio condutor para o conceito de família. Um fio conduzido por Deus que, entre outras qualidades, nos encoraja a manter a união entre o passado, o presente e o futuro, entre pessoas e pessoas, e entre pessoas e Deus. Assim a sociedade se firma e caminha. Isso não significa dizer que a família não precise se reformar continuamente. Se somos falhos, por que a família não seria também? Neste sentido, as contribuições da Antropologia e da Sociologia também são bem vindas.

Neste mês de maio daremos um espaço especial para o tema da família, com tema editorial “É tempo de família”. Nossa ênfase é pastoral. Queremos lembrar conceitos fundamentais. Queremos celebrar o que há de bom. Queremos reconhecer o que há de ruim. Queremos fortalecer nossas famílias.

Que a graça de Deus nos ajude a caminhar nos “laços da aliança” com ele e com nossos entes queridos. Para o nosso bem e para o bem da sociedade.

Acompanhe nossos posts e conheça nossos livros.
Equipe Editorial Web
  • Textos publicados: 964 [ver]

Leia mais em Prateleira

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.