Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Colunas — Aconteceu Comigo - Meu Encontro com Jesus

Jovem, conheci aquele em quem a gente pode confiar!

Cayo César Santos

No tempo das descobertas foi que eu o descobri. Não houve um tombo espetacular do cavalo, como Paulo, nada tão extraordinário. Ainda assim, um siga-me se instalou em minha mente, desde que ouvi sua voz, talvez como Mateus enquanto coletava impostos. Ainda criança, alguns rumores já me chegavam de que, talvez de longe, ele cuidasse de mim. Mas não o conhecia, eram só notícias. Lá pelos meus 12 anos, recebi a inusitada visita de outros meninos; queriam formar um grupo musical em uma igreja cristã da localidade. O desafio aceito marcou, para sempre, nossa história.

Nos bons anos juvenis vividos na pequena comunidade cristã de uma periferia ainda romântica, no convívio com aqueles que se tornariam amigos para toda a vida, conheci, enfim, pessoalmente, aquele que desde então, até hoje e eternamente, tem sido e será, inegável e imutavelmente, meu grande amigo, o bendito filho de Deus Pai. Jesus Cristo, nele a gente pode, indubitavelmente, confiar!

Conheci, também, sua Palavra e tombei apaixonado, paralisado, ante a revelação do seu amor, incompreensível, imensurável, porém real. Tangível como a rocha, perceptível como o vento que, morno, sopra do litoral. E, à medida que andava com os seus, fui crescendo no conhecimento da profunda realidade de que o amor verdadeiro, mais que mero vocabulário, mais que sentimento, mais que ação, é pessoa: Jesus! Em quem a gente pode confiar!

Aos 16, deparei-me com precioso livrinho de cuja capa azul clara retirei, estampado em seu título, mote pra viver: “Seguir a Jesus, o mais fascinante projeto de vida”. Hoje, décadas depois, às portas da maturidade, não sei se consigo explicar a largura e profundidade do encontro que mudou a minha vida. Sem “queda do cavalo”, mas num processo, um longo caminho na mesma direção, graciosamente me transformou. Sim, Jesus Cristo mudou meu viver, é ele a luz que ilumina o meu ser!

O passar dos anos me revela quanto mudei e, ao mesmo tempo, quanto permaneço igual. Mora em mim o mesmo menino, com a mesma e firme convicção de que, nele, ainda -- e sempre -- posso confiar... Eternamente grato, sei que de mim ele sempre cuidou! Quando me deparei com a maldade e a dor do mundo, ele estava lá. Quando experimentei a privação de recursos, ele andava ao meu lado. Quando enfrentei medo e angústia pelo futuro, ele era socorro bem presente. Livrou-me de laços e arapucas. Ofertas tentadoras, caminhos sem volta. Passei incólume pela juventude, eis que, desde muito cedo, a sua beleza e bondade já me fascinavam. Deu-me amigos mais chegados que irmãos. Mentores jamais faltaram na caminhada, gente dele, para me ensinar. Nas desilusões do coração, mas também no encontro da companheira da minha vida, seu cuidado amoroso indicou, clara e precisamente, a direção. Herança bendita, filhos nossos, que dele são. Quanto aos sonhos, ele me deu força, disposição e fé para buscá-los (com muitos, me presenteou; de alguns, me ensinou a desistir; e os de hoje, sempre os levo ao seu altar). Cura meus olhos, para que eu veja o sentido da vida.

Olho para trás, na vã tentativa de explicar o significado de ter conhecido Jesus. Mas as palavras se esvaem. Só posso dizer, singelamente, que nada tem sido mais real, mais verdadeiro e mais significativo do que a sua doce presença na minha história. Presença que, por vezes, percebo nas pessoas que cruzam meu caminho, pois no rosto de cada um vislumbro a imagem de Deus. Presença que também é tão real, tão próxima e tão concreta que, quem sabe, com um pouco de atenção e cuidado, eu possa senti-la em meu pescoço, no sopro morno de seu hálito, sussurrando ao meu ouvido: “Continuo por aqui...”.

• Cayo César Santos é casado com Jane e pai de Lucas, Felipe e Rafael. É presbítero da Igreja Presbiteriana do Planalto e membro da diretoria do Centro Cristão de Estudos, em Brasília, DF. É analista e assessor jurídico no Ministério Público Federal e autor de Século I -- o Resgate.

Leia mais
Coletânea de textos da campanha “Encontros com Jesus”

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.