Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — --

Arte para todos

Arte para todas as épocas
Ana Cecília R. Veiga

A arte sempre ocupou um papel fundamental na vida do homem. Cavernas foram revestidas por pinturas rupestres que até os dias de hoje contam a sua história e nos fascinam. Os museus abrigam papiros, desenhos, pinturas e esculturas milenares, o legado de gerações e gerações para todos nós. Contudo, o que as pessoas do futuro poderão desfrutar da nossa arte contemporânea? Talvez não o bastante e, com certeza, bem menos do que nós podemos apreciar do passado. A razão para isto não está no interesse em arte; ao contrário, nunca se construíram tantos museus e nunca tivemos tantos artistas. O problema está na durabilidade dos materiais utilizados por estes. Antigamente, pouco se sabia da chamada “ciência da conservação”, que estuda a preservação e a restauração do patrimônio cultural. Porém, os materiais utilizados para se fazer arte eram muito mais nobres, caros e duráveis. Tomemos como exemplo o papel: antes era feito de fibras resistentes, como o algodão; atualmente, a grande maioria tem por matéria-prima a polpa de madeira, cujas propriedades fazem o papel esfarelar e envelhecer em questão de décadas. As tintas, por sua vez, lançam mão de pigmentos com pouca resistência à luz, outro grande vilão da preservação das obras de arte. A boa notícia é que nem tudo está perdido: lâmpadas especiais podem minimizar os impactos da luz, pois materiais de qualidade profissional proporcionam durabilidade igual ou superior aos materiais do passado. A questão principal, entretanto, está na conscientização de todos quanto a este assunto. No caso das obras de artistas cristãos, trata-se ainda de uma questão de ética, visto que os clientes, quase sempre, esperam que o autor tenha se preocupado em fazê-la durável. Enfim, se queremos uma arte para todos, precisamos também considerar produzirmos uma arte para todas as épocas.

Ana Cecília Rocha Veiga é professora de arquitetura na Universidade Federal de Minas Gerais, artista e autora do site http://www.missionariosdocotidiano.org.

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.