Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Capa — Crack - O monstro de boca aberta

Nesta matéria:

A oração de um dependente químico da Cracolândia

Adoração
Eu te louvo, ó Deus, pelo copo d’água, pelo café com leite, pela xícara de chá, pelo suco de laranja, pelo refrigerante de guaraná, pela água de coco, pela taça de sorvete, pelo pão de queijo, pelo hambúrguer, pelas hortaliças, verduras, legumes e frutas, pela carne de boi e de frango, pelo peixe e pelos frutos do mar, pelo queijo e pela goiabada, pelos biscoitos e pelo bolo de chocolate. Eu te louvo por tudo que entrava pela minha boca e me fazia bem.

Agradecimento
Eu te agradeço, ó Deus, pela tua misericórdia, pelo teu perdão, pelo teu amor, pela tua mão estendida. Eu te agradeço porque tu me conheces, sabes meu nome e minha idade, sabes de onde eu vim e para onde estou caminhando. Eu te agradeço porque tu não me desprezas, não bates a porta na minha cara, não me expulsas da tua presença, não me chamas de drogado, não me consideras um caso perdido.

Confissão
Eu confesso, ó Deus, que nasci pecador e sou pecador, muito antes de ser um dependente químico. Confesso que fui simples demais, ingênuo demais, bobo demais, descuidado demais, ousado demais, despreparado demais. Confesso que tomei o caminho das drogas e me afundei nelas. Sou um desgraçado usuário de crack. Pequei contra o meu corpo, contra os meus pais, contra a sociedade e contra mim mesmo.

Súplica
Eu te suplico, ó Deus, que me socorras, que estendas a tua comprida mão em direção à minha curta mão, e me tires do lamaçal em que estou. Não tenho outra saída, não tenho outra alternativa. Fui longe demais. Meu caso é difícil, é complicado, é demorado. Não tenho segurança, não tenho forças, não tenho meios, não tenho coragem. Morro de medo das conhecidas recaídas e até sonho com elas. Apelo para ti. Salva-me, mexe com o meu interior, com a minha vontade que não vale coisa alguma no momento. Faze um milagre em mim. Retira de dentro de mim esse monstro de boca aberta que me venceu e me arruinou. Submeto-me a ti!

Intercessão
Intercedo, ó Deus, em favor dos amigos que fiz aqui na Cracolândia, meus colegas usuários de crack. Olha para aquela menina, aquele rapaz, aquela criança, aquele adolescente, aquele homem, aquela senhora e para aquela velhinha. Olha para aquele rapaz e sua companheira que estão morando numa tubulação de esgoto junto ao rio Tietê. Salva-me a mim e a eles. Eles estão na mesma situação. Não quero ser libertado sozinho. Intercedo por minha mãe e por meu pai. Que em breve eles tenham notícias minhas, notícias novas, notícias boas! Amém!

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.