Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Exclusivo Online — A redenção das sete artes: literatura

A redenção das sete artes: literatura

Jeverton “Magrão” Ledo

A arte com suas facetas revela a criatividade do ser humano. Pintura, dança, gravura e literatura geram em nós fascínio desde os primórdios da civilização. A literatura, que segundo nosso amigo Michaelis é a arte de compor escritos em prosa ou verso, no meu olhar, vai mais além. Escrever ou produzir textos com liberdade e criatividade, soprada em nós por um Deus criador e criativo, nos permite, por meio de nossas impressões e encontros, transpor barreiras e chegar ao íntimo das pessoas. O mundo real, com pessoas reais e suas mais diferentes situações, conflitos e questionamentos, nos oferece material para que as palavras não soltas ao vento produzam um exercício de reflexão, contemplação, adoração e, porque não dizer, de um novo caminhar. A produção literária deve falar alto, deve alertar, intervir e gerar transformação. Os escritores bíblicos têm suas produções inspiradas ecoando até os nossos dias, e será assim até o último momento. Sou fascinado por um profeta que alcançou diversas nações com sua mensagem. O intrigante é que Jeremias nunca deixou Jerusalém e suas cercanias. Então como justificar seu título? Como Jeremias cumpriu sua missão sem jamais ter saído dos limites de sua cidade? Ele o fez ao comunicar profecias para dez diferentes nações.

Uma produção literária cheia de verdade, de confrontação, e que me faz pensar se tenho produzido artigos que falam apenas de mim mesmo, do meu conhecimento adquirido, ou que foram inspiradas e por isso falam fundo aos corações. Em uma de suas cartas, Franz Kafka escreveu: “Se o livro que estamos lendo não nos despertar, como se um martelo golpeasse o nosso crânio, então por que razão devemos lê-lo? Um livro deve ser como uma machadinha para romper a espessa camada de gelo em nosso interior”.

Que as artes em suas diferentes ramificações tenham esse poder de romper a dureza de nossos corações. Deus é um artista em sua essência e quer que sejamos seus imitadores. Sua revelação se dá por meio da palavra escrita -- uma forma acessível a todos nós.


• Jeverton “Magrão” Ledo é autor de “Minha Escolha Profissional -- o que Deus tem a ver com isso?” (Editora Vida). jeverton.ledo@gmail.com

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.