Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Seções — Personalia

Manfred Grellert

Talvez seja alemão (por causa do sobrenome). Mas dizem que é gaúcho de Tuparendi, na fronteira com a Argentina. Ele mesmo se diz nordestino. A assistente social Alva Couto, que trabalhou com ele em Belo Horizonte, garante que é mineiro e dos bons. O pessoal de Costa Rica afirma que é caribenho. E o ministro da Saúde e Desportos da Bolívia acaba de declarar que é boliviano. Todos estão dizendo parte da verdade.

Filho de missionário alemão, “Manfred Grellert”, 62 anos, nasceu em Tuparendi, no Rio Grande do Sul. Ainda criança (11 anos), apropriou-se pessoalmente da herança cristã recebida no lar e batizou-se dois anos depois. Fez teologia no Seminário Batista do Sul (Rio de Janeiro), doutorado em teologia no Seminário Batista do Sul nos EUA (Louisville, Kentucky) e licenciatura em filosofia na Universidade Católica de Pernambuco. Ordenado ao ministério aos 28 anos e casado cinco anos antes, Manfred tornou-se pastor da Igreja Batista da Capunga, em Recife, onde também exerceu o magistério no Seminário Batista do Norte. Foi seu único pastorado, que durou dez anos.

Em 1980, houve uma guinada no ministério de Manfred Grellert, então com 38 anos. Transferiu-se para a capital mineira para assumir o cargo de diretor executivo da Visão Mundial no Brasil, uma organização nascida nos Estados Unidos em 1950, inicialmente para dar assistência aos órfãos da Guerra da Coréia. A essa altura a Visão Mundial já estava estabelecida no Brasil desde 1961.

A primeira providência do novo diretor foi beneficiar mais o Nordeste brasileiro do que qualquer outra região. E ele mesmo explica: “Não me é possível falar do Nordeste sem um intenso envolvimento emocional. É que sou um gaúcho um tanto renegado que virou nordestino de coração”. Graças a essa visão, em pouco tempo quase a metade de todos os projetos da Visão Mundial era desenvolvido nos dez Estados do Nordeste.

Na gestão de Manfred, a VM realizou diversos congressos regionais de pastores, vários encontros de líderes evangélicos (simpósios sobre ministérios urbanos, missões e administração do tempo) e o histórico Congresso Brasileiro de Evangelização (CBE), em novembro de 1983, com a presença de 2.009 participantes de diversas denominações.

Em 1985, Manfred foi nomeado vice-presidente regional da VM para a América Latina e o Caribe, passando a morar ora em Los Angeles ora em San José, na Costa Rica. Conhecido e respeitado no mundo inteiro por seu caráter cristão, por sua competência em questões de desenvolvimento e situações de pobreza na América Latina, e pelo seu cuidado para com os que sofrem, Manfred presidiu as conferências internacionais da VM nas Filipinas e na Alemanha.

Com a presença de Serguem Silva, atual diretor executivo da VM no Brasil, Ariovaldo Ramos, presidente nacional, Valdir Steuernagel, ex-presidente da diretoria da Visão Mundial Internacional e de muitos amigos e colaboradores, realizou-se no dia 29 de agosto, na Primeira Igreja Batista de Belo Horizonte, um belo culto de gratidão pela vida e pelo ministério de Manfred. Menos de um mês depois, o pastor recebeu do Governo da Bolívia o grau de Grande Oficial da Ordem da Saúde Pública, por sua luta pela erradicação da mortalidade infantil. (Há vinte anos na Bolívia, a VM tem 25 projetos de desenvolvimento nas áreas mais pobres do país e beneficia mais de 50 mil crianças e suas famílias.)

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.