Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Colunas — Cuidando de nossos líderes

Para que descansar?

Esly Regina Carvalho

É incrível que se faça esta pergunta! Talvez isso ocorra porque nossos líderes aprenderam que, no ministério, o símbolo da total abnegação é matar-se de tanto trabalhar. Quanto mais trabalham, mais “santos” se consideram.

Vejamos algumas razões pelas quais devemos descansar:

1. É desígnio de Deus que descansemos. Isso é tão importante que Deus incluiu o descanso entre os Dez Mandamentos (Êx 20.8-11). Para a surpresa de muitos workaholics, descansar significa não trabalhar!

É interessante notar que isso inclui um mandamento positivo e um negativo: devemos santificar o dia de repouso, isto é, separá-lo, fazê-lo especial, sagrado. Ao mesmo tempo, há um mandamento negativo: não trabalhar nem fazer os outros trabalharem, nem sequer os animais!

2. Deus nos dá o exemplo. O “sábado” não começou com os Dez Mandamentos. Existe desde que Deus criou o mundo e descansou. Como fomos criados à sua imagem e semelhança, também devemos descansar.

3. A terra precisa descansar (Lv 25.2-7). A nossa tendência é atribuir este texto ao mundo agrícola. Realmente, naqueles tempos, era a terra que dava provisão para os povos. Hoje, vivendo em um mundo industrializado, em muitos casos, o que produz já não é mais a terra, mas o trabalho. Assim, é importante que o nosso trabalho e ministérios também descansem.

4. Existe maldição para a terra se ela não descansar (Lv 26.32-35). Isso é obvio: quando não obedecemos aos princípios bíblicos, sofremos as conseqüências. Não entendemos porque nossa liderança está decaída. Nem entendemos porque muitos pastores e líderes estão tão vulneráveis a todo tipo de tentação. Muitas vezes, isso acontece simplesmente porque estão cansados. Ou melhor, exaustos. E esse cansaço os expõe não apenas à tentação, mas também às próprias conseqüências da desobediência.

5. Por outro lado, há bênção reservada para quem guarda o dia de descanso (Is 58.13, 14). Existe algo no descanso que nos permite retomar o trabalho com novo vigor e interesse.

Escravos não descansam. Quando os filhos de Israel saíram do Egito, o primeiro dom de Deus depois da liberdade foi o dia de descanso. Isso foi absolutamente revolucionário para aquele tempo. Hoje, muitos de nossos pastores e líderes trabalham toda a semana, e no domingo trabalham dobrado. Poucos são aqueles que tiram um outro dia para descansar. Devemos nos perguntar: Como estamos vivendo? Como livres ou como escravos?



Como descansar?

Muitas pessoas não sabem descansar. Outras não se permitem fazê-lo. Alguns foram criados em lares onde descansar significava “não fazer nada”, o que era malvisto pelos pais (“preguiça”) e, para estes, descansar produz sentimento de culpa. Outros sentem que descansar significar defraudar (roubar) a Deus de alguma forma. Mas, como vimos, descansar é um mandamento de Deus e o melhor que podemos fazer como líderes é obedecer ao Senhor!

Em termos práticos:

1. É importante separar um dia por semana, sistematicamente, para descansar e se dedicar ao Senhor. Na minha experiência, se não fizermos um compromisso com Deus sobre esse assunto, a tendência é deixar o descanso de lado. Outras coisas vão surgindo, fazendo-nos crer que descansar não é tão importante.

2. Que dia? Não vou entrar na briga teológica se tem de ser sábado, domingo ou outro dia. Acredito que o princípio básico é que um dia em sete tem de ser para descansar. Decida qual é o dia da semana que funciona para você descansar.

3. Comece o descanso na noite anterior. É interessante notar que, na cultura judaica, baseada na afirmação de que, quando Deus criou o mundo “houve tarde e manhã”, o dia começa ao anoitecer do dia anterior e termina ao anoitecer do dia seguinte. Fazendo assim, você verá que o descanso trará mais dividendos.

4. Sem cair no legalismo, no dia de repouso, deixe de fazer as coisas que normalmente faz. Claro que trabalhar, nem pensar! Mas leve a coisa bem a sério. Um amigo meu não liga o computador no seu dia de descanso. Mesmo com vontade de ler as mensagens, ele se domina, pois sabe que a tentação de ler os recados do trabalho será muito forte. Há pessoas que não cozinham ou não fazem compras nesse dia.

5. Faça o que você normalmente não faz nos outros dias. Santifique, separe esse dia para que seja diferente dos outros. Leia a sua Bíblia com mais calma. Tenha um tempo maior com Deus. Saia para caminhar, por lazer e não pelo exercício. Faça coisas que lhe dão prazer: tome um sorvete, brinque com seus filhos, leiam em família, conversem. Gaste tempo em oração com sua família e com seu cônjuge. Deleite-se no Senhor, nas suas bênçãos, na sua família, na criação.




Esly Carvalho é psicóloga. Trabalha como terapeuta e capacitadora em psicodrama e bibliodrama, por meio do ministério Praça do Encontro. Viveu muitos anos na América Latina e atualmente mora nos Estados Unidos. É autora de Saúde Emocional e Vida Cristã, entre outros.
pracadoencontro@attglobal.net


QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.