Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

ASSIM NA TERRA COMO NO CÉU

Experiências socioambientais na igreja local

Gínia César Bontempo, org.

Páginas 152
ISBN 978-85-7779-050-0
Formato 14x21
Assunto Ética, Igreja, Liderança
Ano 2011
Editora Ultimato
Código 41.54
Preço
sugerido
36,20
de R$ 36,20
por
R$ 28,95
economize R$ 7,25
  • Uma igreja no lixão.
  • Empreendedores cristãos praticam o evangelho de Jesus levando vida às pessoas e ao ambiente.
  • Uma comunidade deixa o conforto de um bairro de classe média e se muda para um espaço no meio de um dos bairros populares da cidade.
  • Em resposta aos desafios bíblicos sobre o cuidado da criação, uma igreja abraça o trabalho de reflorestamento de um parque.

Assim na Terra como no Céu apresenta experiências concretas da ação socioambiental da igreja no Brasil. Com uma diversidade de estilos e contextos, as experiências e ações têm em comum os princípios e práticas da verdade divina — “como no céu” — e vêm das diferentes regiões do país.
Uma leitura desafiadora, que pode levar à ação coletiva da igreja na implantação do reino do de Deus aqui na terra hoje.
Prefácio
Marina Silva

Apresentação
Gínia César Bontempo

1. De Marabá para o mundo
Elias da Silva Albuquerque, Patrícia Marques Almeida e
Carlos Eduardo da Silva


2. Uma empresa e muitas comunidades
João Carlos de Souza Matos e Ulisses Matiolli Sabará

3. O evangelho em ação no Sertão
Wostenes Luiz L. dos Santos

4. Curando a nossa terra
Hernani Ramos e Maria Eugênia Barrientos

5. A igreja do lixão
Siméa Meldrum

6. Semeando a consciência ecológica por meio da arte 69
Carlinhos Veiga

7. Plantando boas sementes
Elisa Ribeiro da Cunha

8. Jardineiros de Deus, amigos do parque
Éser Pacheco

9. Acampando na natureza
Marcelo Renan Santos

10. Reconciliando-se com a criação
Larissa Tiemi Nakano

11. Cuidado com a criação
Bebeto Araújo

12. O futuro está no passado
Claudio Oliver

13. Pequenas sementes, grandes ações
Andrea Ramos Santos e Raquel Arouca
Notas

Gínia César Bontempo
, casada com Marcos e mãe de André e Clara, é bióloga, doutora em meio ambiente e conservação da natureza e consultora voluntária d’A Rocha Brasil. É professora da Universidade Federal de Viçosa no departamento de biologia geral, na área de ensino de ciências e biologia. É organizadora de Assim na Terra como no Céu - experiências socioambientais na igreja local.
“As experiências aqui descritas são a expressão de uma compreensão nova e instigante no meio cristão. Mais que uma abordagem teórica, essas práticas são atitudes efetivas em “dar frutos”. São uma variante pungente de louvor e um tipo de oração em que as palavras dão lugar a um conjunto de gestos.”
— Marina Silva

“Assim na Terra como no Céu chega feito um mutirão, um trabalho em conjunto, uma mistura de vozes, de gente trabalhando pelos quatro cantos do Brasil. O livro vem como um vento que anuncia que a primavera vai chegar, que os tempos vão mudar. Há que se ter esperança, há que se ter paciência, há que se ter constância. Assim na Terra como no Céu é um pedaço de oração à espera da completude que virá pelo querer de Deus.”
– Gladir Cabral, músico, pastor e professor

“Assim na Terra como no Céu é o pedido por excelência do cristão e o desejo evangelístico por definição. Evangelizar, mais que elaborar e dizer um discurso, é dar amostra da possibilidade de um novo mundo. No novo céu e nova terra — vontade de Deus para o mundo —, como diz o poeta, "o homem e a natureza vivem sempre em comunhão". O que chamamos, pela palavra pagã, de natureza, é criação de Deus. Viver em harmonia com a criação é a vontade de Deus. Essa harmonia é possível aqui e agora; os testemunhos registrados nesta obra o confirmam.”
— Ariovaldo Ramos, pastor

“Quantos projetos excelentes, “médios” e não tão bons pude conhecer e que transformam a teoria em prática viva! Assim é o valor de Assim na Terra como no Céu. Ao longo dos últimos anos a igreja evangélica começa a tomar conhecimento, mesmo timidamente, do seu papel socioambiental, um papel de resgate da criação de Deus, um papel bíblico e gritante que não podemos ignorar mais. Porém o que fazer? Como fazê-lo? E qual deve ser o nosso vínculo com outros órgãos da sociedade? Finalmente temos em mão um livro que dá pistas concretas, modelos já vividos e ainda em ação. São modelos para nos inspirar e orientar como igrejas que queiram impactar, com a graça de Deus, as suas comunidades e o seu ambiente.”
— Timóteo Carriker, missiólogo e escritor

“Assim na Terra como no Céu é leitura obrigatória para quem deseja conhecer um pouco mais sobre o que alguns grupos evangélicos organizados realizam pela sustentabilidade ambiental, desenvolvimento comunitário e defesa de direitos. As experiências são registradas neste livro como uma provocativa mensagem: os evangélicos participam desse novo momento histórico no qual a natureza passa a ser vista como um sujeito ativo do processo político humano. Parece que vivemos um momento de reconhecer que para crescer e se desenvolver a humanidade precisa pensar em mecanismos de sustentabilidade; afinal, nossos recursos naturais são finitos e limitados. Em Assim na terra como no céu, a Igreja é protagonista em agir e reagir em defesa do meio ambiente. Dentro e fora da Igreja, agora a sociedade brasileira tem nesta obra um ponto de partida no conhecimento do que fazem os evangélicos nessa temática ambiental no Brasil hoje.”
— Daniela Sanches Frozi, professora e pesquisadora, membro do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

"Assim na Terra como no Céu põe em evidência o despertar da consciência social que hoje está acontecendo no movimento evangélico ao redor do mundo. Desta perspectiva, o propósito de Deus engloba a totalidade da criação e cada aspecto da vida humana, e o evangelho é a boa notícia de que, por meio de Jesus Cristo, Deus se propôs a “[reconciliar] consigo mesmo todas as coisas, quer sobre a terra, quer nos céus” (Cl 1.20). Este livro oferece ao leitor várias experiências de projetos socioambientais, que mostram maneiras concretas como o reino de Deus se manifesta na terra e ilustram o alcance da obra de reconciliação em Cristo. Recomendo esta leitura como um valioso desafio ao compromisso com a missão de Deus, que é uma missão integral."
— René Padilla, teólogo e escritor

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
#1

Eduardo

P - RN

Fiquei por entender o seu “podemos dizer [...] da sociedade.” Focada na relação espiritual? Sim, claro! Mas o que isso tem a ver com visão que não foge à regra cultural? Evidente que a 'comunidade' (vc quer dizer Igreja, não é?) é ‘permeável’, não poderia ser de outra forma.

Agora, essa de trazer o ‘integral’ para a arena como novidade, a novidade para mim é a sua ignorância acadêmica sobre evangelização e igreja pelo viés assim meio docetista que vc parece impingir ao evangelismo.

Erraste feio, Marina, de novo. Como tens errado grosseiramente a respeito do Código Florestal e o relatório do Aldo Rebelo! Um pouco de história da igreja far-lhe-ia bem. Mas como vc trabalha com o conceito modernoso de ‘comunidade’...

Se o livro seguir essa linha estampada no prefácio da Marina, vou aguardar para adquirir outros itens antes.

Postado em 13/09/2011 às 09:22:40
#2

William Lacy Lane (billy)

Campinas - SP

O livro registra importantes relatos de experiências concretas de ações socioambientais. Longe de ser 'docetista', revela uma igreja que segue o modelo do Jesus encarnado. São exemplos de cristãos que entenderam que o evangelho de Jesus não nos convida apenas a 'parecer cristãos', mas a contribuir para transformações significativas no meio em que vivemos.

Postado em 24/09/2011 às 19:06:07
#3

Denise

Vitoria - ES

Meu comentário é para esse 'irmão', Eduardo P- RN; escuta, vc não tem nenhum tipo de elogio a fazer para o trabalho de seus irmãos na fé, não é?! Sempre que leio os comentários e vejo os seus, percebo uma crítica irônica e muitas vezes dura as pessoas que, como VOCÊ, são seres humanos com os DOIS PÉS nesta terra e portanto sem ainda terem atingido a PERFEIÇÃO! Vigia irmão, cuide de seu coração e da sua coroa, ou será que vc foi contratado pelo ETERNO para vigiar a coroa dos outros?! Seja flexível com seus irmãos que usam este espaço com a idéia maravilhosa de abençoar pessoas e não para serem alvos de suas críticas sem compaixão! Ao invés de contrariar, AGRADE!

Postado em 05/09/2013 às 15:47:38
#4

Daniel Santana De Oliveira

Maceió - AL

Achei o livro muito importante nessa questão com o meio ambiente, pois traz exemplos maravilhosos e também os endereços para que as igrejas ou grupos interessados façam missões nesse mundo tão caótico! Deus, eu creio, pode usar irmãos e igrejas através dessas narrativas, pois meu coração ficou ardendo! A terra é muito importante e deve ser cuidada por seus ocupantes! Se cada igreja fizesse só um pouco do que está escrito nesse livro, a terra sofreria menos!

Postado em 16/09/2015 às 15:19:16