Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Por que ler biografias com as crianças é importante? Como fazê-las gostar das histórias?

Por Márcia Barbutti
 
Quando pensamos em livros infantis, em geral, vem à nossa mente contos e fábulas com castelos, batalhas, príncipes, animais falantes e viagens fantásticas. Não é à toa que O Pequeno Príncipe, A Teia de CharlotteAlice no País das Maravilhas figuram entre os livros mais lidos na infância. É claro que esse tipo de literatura tem o seu valor e lugar cativo no imaginário das crianças, mas que tal voltar o olhar para os livros que estão recheados de aventuras, momentos dramáticos, superação, celebração e, o mais fascinante, são histórias verdadeiras?
 
Desenvolver o hábito de ler biografias traz inúmeros benefícios para os nossos filhos e eu gostaria de destacar alguns.
 
1. Biografias nos inspiram
Deus criou o homem e a mulher à sua imagem e semelhança, por isso, os seres humanos são capazes de realizar coisas extraordinárias em todas as áreas, como no campo da ciência, arte plástica, arte cênica, tecnologia, teologia, missões, projetos de auxílio, invenções, etc. Estamos cercados por pessoas do passado, do presente, de diferentes lugares, que foram notáveis e mudaram nosso mundo. As experiências vividas por essas pessoas irão inspirar os filhos a realizarem o projeto de Deus para suas vidas e que irá impactar outras pessoas, para a glória Dele.
 
2. Biografias ensinam a lidar com dificuldades e fracassos
Não apenas aprendemos sobre as coisas boas que essas pessoas fizeram, mas também sobre seus fracassos. A geração Z (nascidos entre 1999 e 2015), caracterizada por uma superproteção dos pais e máxima exposição virtual, sofre com a ilusão do sucesso garantido, logo, ela se mostra frágil diante das dificuldades e, especialmente, dos fracassos. Mergulhar nas experiências de pessoas comuns (não super-heróis) e saber como superaram suas tensões, lutas e revezes, auxiliará os filhos a fazer conexão com suas próprias vidas e lidar com seus momentos sombrios.
 
3. Biografias ampliam os horizontes
Ao lermos sobre como e onde uma pessoa viveu, nós nos aproximamos de contextos culturais que, muitas vezes, são bem diferentes dos nossos. Isso instiga a nossa curiosidade e a dos nossos filhos também, por isso, podemos ampliar o conhecimento geral sobre diversas culturas e em distintos lugares e épocas. Ao aprender com pessoas tão diferentes de nós, nossos filhos serão encorajados a serem mais sensíveis, empáticos e compreensivos diante das diferenças.
 
4. Biografias mostram a soberania de Deus
É claro que a Bíblia é a nossa fonte primária de biografias. Nela lemos sobre pessoas reais, sem retoques, edição ou filtros. Pessoas comuns com seus medos, defeitos e pecados, mas que foram alcançadas pela graça do Senhor e, “pela fé, eles conquistaram reinos, governaram com justiça e receberam promessas. Fecharam a boca de leões, apagaram chamas de fogo e escaparam de morrer pela espada. Sua fraqueza foi transformada em força. Tornaram-se poderosos na batalha e fizeram fugir exércitos inteiros” (Hb 11.33-34). Todos eles apontaram para Jesus, para o plano eterno de Deus de nos trazer a salvação. No vídeo "Melhor e Verdadeiro", essa verdade fica bem explícita.
Mas além dos personagens bíblicos, podemos ler sobre a vida de missionários e profissionais que dedicaram a sua vida ao Senhor e reconheceram que os planos Dele são os melhores, ainda que tenham obstáculos, é o melhor caminho a percorrer.
 
Se você ainda não tem o costume de ler ou oferecer livros biográficos aos seus filhos, recomendo que inicie por alguma área de interesse deles. Por exemplo, se gostam de história da realeza, leiam sobre a rainha Margarida e sobre a princesa Renata, mulheres importantes no período da Reforma. Conheça a coleção A História dos Reformadores para Crianças, Editora Letras.
 
E que tal incentivar seu filho escrever sua autobiografia?
É sabido que os livros de História contarão sobre a Pandemia que estamos vivendo. Seria muito interessante seu filho registrar esse momento ímpar. Comecem com algo simples e divertido - uma cápsula do tempo! A turma da Secretaria Nacional do Trabalho da Infância da IPB, preparou um roteiro muito bacana para fazer uma cápsula do tempo em família.
 
E lembrem-se, pai e mãe, se vocês desejam que seus filhos aprendam e se inspirem com biografias, você deve ser o exemplo. Busque livros, artigos e filmes sobre a vida de homens, mulheres, jovens e crianças que, pela graça de Deus, realizaram feitos incríveis.
 
DICAS
Livros
- Biografia do missionário Ronaldo Lidório, Onde as garças voam
Da Editora Crista Evangélica:
- A vida de Willian Tyndale - Uma História para Crianças
- A vida de João Calvino - Uma História para Crianças
- A vida de Martinho Lutero - História para Crianças
 
Conheça também a série Crianças Famosas, Editora Callis, e se encante com a infância de músicos, pintores e inventores. Veja a graça comum na vida dessas pessoas fantásticas.
 
Vídeo e filme
- Para crianças: A história de Mary Jones - SBB
- Para adolescentes: Mãos talentosas, a história de Ben Carson
- Para os pais: Série Biografias cristãs, com Ronaldo Lidório
 
Site
Radar missionário – biografias resumidas de vários servos do Senhor.

É editora assistente da Editora Cultura Cristã, responsável pelos materiais infanto-juvenis.
  • Textos publicados: 21 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.