Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Mais de 600 cristãos mortos na Nigéria em 2020

Por Lissânder Dias

Um relatório da Sociedade Internacional para as Liberdades Civis e o Estado de Direito (Intersociety), da Nigéria, aponta que 620 cristãos foram assassinados desde o início do ano como resultado de um aumento da violência nas mãos de grupos militantes islâmicos como Fulani e Boko Haram. O relatório afirma, segundo o site Premier Christian, que, entre outras coisas, “as atrocidades contra os cristãos não foram controladas e chegaram a um apogeu alarmante com as forças de segurança do país e atores políticos preocupados olhando para o outro lado ou conspirando com os jihadistas”. Segundo o documento, “as casas queimadas ou destruídas durante o período são centenas, assim como dezenas de centros cristãos”.

Apesar de a comunidade cristã constituir metade de toda a população da Nigéria, a Intersociety observou que o país perdeu 32 mil seguidores de Jesus para a perseguição desde 2009.
Leia mais
» Cristãos marcados para morrer. E morreram
» Lista Mundial da Perseguição 2020 aponta crescimento da hostilidade aos cristãos no mundo
 
Lissânder Dias é jornalista e colaborador da revista Ultimato. É editor do blog Fatos e Correlatos (fatosecorrelatos.com.br), onde publica poesias e crônicas. Trabalha como assessor editorial da UniCesumar, em Maringá (PR).

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.