Apoie com um cafezinho
Olá visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Opinião

Família: uma missão trinitária

Por Luiz Fernando dos Santos

“A graça do Senhor Jesus Cristo, o amor de Deus e a comunhão do Espírito Santo sejam com todos vocês.”
(2Co 13.14)
 
Como já afirmou um certo teólogo, a unidade e unicidade de Deus não quer dizer que Ele seja a solidão radical. O fato de ser um e único, não implica que Ele seja um solitário absoluto. Deus em seu mistério subsiste em uma indivisível comunhão de três pessoas. É uma ‘comunUnidade’ de substância, poder, glória, majestade, deidade absolutamente iguais e intercomunicáveis, que em nada compromete a integridade, singularidade e alteridade de cada pessoa da trindade bendita. 
 
O Deus triúno é uma família perfeita, santa, feliz e que deve ser colocada como o mais belo modelo para a família humana. Os laços indestrutíveis que unem pela eternidade a família trinitária são os do amor incondicional, devotado e sem mácula. Amor que encontra gozo pleno no próprio objeto do amor, que se encanta com a sua alteridade, singularidade, beleza e na contemplação e no desfrute de sua companhia. Também os “divinos três” se alegram na medida mesma que buscam com toda intensidade agradarem uns aos outros. A causa de sua alegria individual outra coisa não é do que a alegria do outro. A alegria de um é a plena felicidade dos três. 
 
A “Felicidade da Trindade” é a plena realização em gozo de cada pessoa individualmente. Um outro aspecto a salientar é que na família trinitária a cooperação é total, sem reservas, mitigações ou limites. Não há coisa alguma desejada, determinada ou comissionada pelo Pai que o Filho não realize com a mais substancial e perfeita obediência amorosa. O Filho outra coisa não deseja do que em tudo servir para a glória e plena satisfação do Pai Amado. O Espírito Santo não existiria à parte de ver o Filho glorificado e o Pai sumamente Amado e obedecido. E o Pai e o Filho nada designariam ou realizariam cujo escopo não fosse o Espírito receber o louvor e a admiração por suas obras. Assim, o que um deseja, o outro executa e o terceiro glorifica. Onde há o “UM e ÚNICO” estão presentes perfeitamente os “Três Benditos”, quer na criação, quer na ofensa da queda, na oferta de redenção, na execução do plano de salvação, na preservação dos eleitos e na glorificação futura. 
 
A família trinitária trabalha em harmonia, cooperação e perfeita concorrência das vontades. Um último aspecto que gostaria de destacar é que as pessoas da Trindade Santíssima vivem um diálogo eterno, não há ‘silêncios’ à parte da contemplação maravilhada da beleza que reflete das divinas faces, tudo no seio da Trindade é conversado, planejado, estabelecido, louvável, determinado. Nada é decidido, realizado e estabelecido à revelia das vontades, tudo é aliançado, pactuado entre os “Três”. 
 
Iniciando o mês da família em nossa comunidade de fé, já poderíamos extrair aqui as primeiras lições aprendidas da própria natureza divina. Isolamentos e alienações são destrutivos e desagregadores. Famílias saudáveis são espaços para relações que promovam acolhimento e integração de todos os membros. São ambientes onde as singularidades e as diferenças são acolhidas como dons e fomento para a comunhão. Famílias espelhadas no mistério da Trindade cultivam projetos pessoais de felicidade que possam promover o bem-estar de todos e fazer com que todos, de alguma maneira, se beneficiem da alegria de cada conquista pessoal. Famílias espelhadas no Deus Trino defendem a honra de seus membros, fomentam um espaço de cura, acolhimento e crescimento pelo diálogo integrador, franco e cheio de humanidade e amor generoso. Aprendamos juntos da Trindade a tornar as nossas famílias um lugar aproximado do Céu.
 
É ministro da Igreja Presbiteriana Central de Itapira (SP) e professor de Teologia Pastoral e Bioética no Seminário Presbiteriano do Sul, de Filosofia na Faculdade Internacional de Teologia Reformada (FITREF) e de História das Missões no Perspectivas Brasil.
  • Textos publicados: 65 [ver]

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Opinião

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.