Apoie com um cafezinho
Ol? visitante!
Cadastre-se

Esqueci minha senha

  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.
Seja bem-vindo Visitante!
  • sacola de compras

    sacola de compras

    Sua sacola de compras está vazia.

Notícias

Antônio Francisco Lisboa, o aleijadinho

Aconteceu há... 289 anos

Nascia Antônio Francisco Lisboa, artista brasileiro, também conhecido como Aleijadinho. Aleijadinho estudou o alfabeto, o latim e a música e aprendeu a esculpir ainda criança, observando o trabalho do seu pai. Por volta dos 40 anos de idade, começou a desenvolver uma doença degenerativa nas articulações e, aos poucos, foi perdendo os movimentos dos pés e das mãos. Desde então, amarrava as ferramentas nos punhos para esculpir e entalhar, esforçando-se para continuar com sua arte. O seu trabalho artístico, formado por 66 imagens religiosas esculpidas em madeira e doze feitas de pedra-sabão, é considerado um dos mais importantes e representativos do barroco brasileiro.

Texto originalmente publicado na edição 378 de Ultimato.

Leia mais:
» A devoção de Susanna Wesley
» João Ferreira de Almeida, o primeiro tradutor

QUE BOM QUE VOCÊ CHEGOU ATÉ AQUI.

Ultimato quer falar com você.

A cada dia, mais de dez mil usuários navegam pelo Portal Ultimato. Leem e compartilham gratuitamente dezenas de blogs e hotsites, além do acervo digital da revista Ultimato, centenas de estudos bíblicos, devocionais diárias de autores como John Stott, Eugene Peterson, C. S. Lewis, entre outros, além de artigos, notícias e serviços que são atualizados diariamente nas diferentes plataformas e redes sociais.

PARA CONTINUAR, precisamos do seu apoio. Compartilhe conosco um cafezinho.


Leia mais em Notícias

Opinião do leitor

Para comentar é necessário estar logado no site. Clique aqui para fazer o login ou o seu cadastro.
Ainda não há comentários sobre este texto. Seja o primeiro a comentar!
Escreva um artigo em resposta

Ainda não há artigos publicados na seção "Palavra do leitor" em resposta a este texto.